Nesta quinta-feira, a população brasileira, em especial os moradores do nordeste, foram alertados que o Brasil possivelmente poderá sofrer uma terrível tragédia devido a um tsunami.

Segundo informações, desde o último sábado, 11, o vulcão Cumbre Vieja, nas Ilhas Canárias, litoral da África, tem apresentado aumento significativo nos movimentos sísmicos, sendo isso uma indicativa de que poderá ocorrer uma possível erupção.

Ao tomar conhecimento dos fatos, alguns cientistas do Brasil, alertam que apesar de remoto, o risco é real e digno de atenção porque a erupção poderia gerar um tsunami capaz de atingir a costa e o Nordeste do Brasil.

Dos quatro níveis de alerta, o risco está no nível 2. Em entrevista ao IstoÉ, o oceanógrafo Carlos Teixeira, professor da Universidade do Ceará (UFC), explicou que a preparação para um tsunami precisa ser feita com bastante antecedência para dar tempo de evacuar toda a população. “É alarmismo falar que vai acontecer amanhã, mas não é alarmismo a possibilidade da ocorrência. Um plano não fica pronto nem em quatro dias (tempo previsto para ocorrer erupção no nível de alerta 4) e nem em quatro meses”, alerta.

“Se chegar ao nível 3, a gente tem que evacuar  as áreas próximas ao vulcão. No nível 4, a erupção estaria próxima. No momento, não existe risco de tsunami no Brasil, mas é como a pandemia de coronavírus: dez anos atrás, houve um alerta de que aconteceria em algum momento. Não houve preparação e isso nos pegou de surpresa”, explica o cientista. “Nunca houve antes atividade vulcânica que nos alertasse, mas, hoje em dia, tem. Temos que começar a abrir os olhos”, conclui Teixeira.

A notícia sobre o vulcão surgiu após um comunicado da entidade Pevolca (Plano Especial de Proteção Civil e Atenção às Emergências de Risco Vulcânico das Ilhas Canárias) sobre os contínuos tremores, que podem ter uma rápida evolução, ser divulgado, na manhã desta quinta-feira (16). As áreas possivelmente atingidas seriam o Caribe, Golfo do México e Nordeste brasileiro, com ondas que poderiam chegar a cinco metros de altura.

Deixe sua opinião