Um casal de pastores cristãos sofreu extrema perseguição, segundo relatos de um grupo cristão, as autoridades asiáticas.

O governo chinês está procurando cristãos para prendê-los e até removê-los deste mundo para que não possam mais pregar e limitar sua fé e em várias ocasiões eles demoliram seus locais de reunião.

Segundo informações, enquanto a igreja era demolida, os pastores entraram na frente templo para evitar a destruição. O prédio desabou com eles dentro, no entanto, o pastor conseguiu escapar, mas infelizmente sua esposa não conseguiu.

O triste fato ocorreu quando o governo ordenou a demolição do templo evangélico. A legislação concordou com o governo que todas as igrejas cristãs seriam demolidas do local de pregação do evangelho.

Máquinas de demolição chegaram ao local para demolir o prédio e o pastor Li Jiangong da Igreja Beitou Zhumadian tentou impedir a demolição. Os trabalhadores foram enviados pelo governo.

O casal cristão queria impedir a demolição, mas eles foram empurrados para uma das covas, a escavadeira os cobriu com terra. Os gritos de ajuda começaram a partir deles.

O pastor começou a cavar e conseguiu escapar rapidamente, porém, sua esposa Ding Cuimei deixou este mundo sem conseguir escapar.

Segundo diversos relatos de testemunhas, o operário que deu ordens ao maquinista pediu que fossem enterrados vivos. “Enterre-os vivos e cubra-os com terra, eu mesmo assumirei a responsabilidade pelo que acontecer.” declarado.

O que aconteceu gerou muita indignação para aqueles que dirigem os direitos humanos, eles falaram antes deste evento. Por esse motivo, a China é fortemente criticada pela contínua perseguição aos cristãos.

Deixe sua opinião