Tragédia na Páscoa: Ônibus com fiéis cai de ponte, deixando 45 mortos e uma criança como única sobrevivente

"Detalhes do Devastador Acidente de Ônibus na Páscoa: Uma História de Perda e Sobrevivência"

276
Acidente com ônibus na África do Sul mata 45 peregrinos da Páscoa, diz Ministério dos Transportes
Acidente com ônibus na África do Sul mata 45 peregrinos da Páscoa, diz Ministério dos Transportes

Em um trágico acidente ocorrido na província norte de Limpopo, um ônibus que transportava peregrinos de Gaborone, capital de Botswana, para um serviço de Páscoa na cidade de Moria, perdeu o controle e colidiu com as barreiras de uma ponte perto de Mamatlakala. O veículo saiu da ponte e caiu em um desfiladeiro, pegando fogo logo em seguida.

O ônibus estava levando os fiéis para a cidade de Moria, um popular destino de peregrinação de Páscoa. Infelizmente, 45 pessoas, incluindo o motorista, perderam suas vidas no acidente. A única sobrevivente foi uma menina de 8 anos.

As operações de resgate continuaram até tarde na quinta-feira, com algumas das vítimas supostamente difíceis de alcançar entre os destroços. A Ministra dos Transportes de Limpopo, Sindisiwe Chikunga, que foi ao local do incidente, estendeu suas “condolências sinceras às famílias afetadas pelo trágico acidente de ônibus”.

O presidente sul-africano Cyril Ramaphosa disse que as vítimas pareciam ser todas de Botswana e estavam a caminho da cidade de Moria em Limpopo para uma popular peregrinação de fim de semana de Páscoa. Ramaphosa ligou para o presidente de Botswana, Mokgweetsi Masisi, para oferecer suas condolências e disse que o governo sul-africano faria tudo o que pudesse para ajudar.

A Ministra dos Transportes, Sindisiwe Chikunga, garantiu que haverá uma investigação completa sobre a causa do acidente. Ela disse: “Nossos pensamentos e orações estão com vocês durante este momento difícil. Faremos de tudo para ajudar para que eles voltem para o seu país e famílias para serem enterrados com dignidade”.

Poucas horas antes do acidente, o presidente sul-africano Cyril Ramaphosa emitiu um alerta sobre as condições de direção para o fim de semana da Páscoa. “Vamos fazer o nosso melhor para tornar esta Páscoa segura. A Páscoa não precisa ser um momento em que nos sentamos e esperamos para ver estatísticas sobre tragédias ou ferimentos em nossas estradas”, dizia seu comunicado.

A África do Sul, apesar de ter uma das redes rodoviárias mais desenvolvidas do continente, tem sofrido problemas contínuos com a direção durante os feriados da Páscoa. Em 2023, foi relatado que 225 pessoas morreram em 185 acidentes de carro durante o longo fim de semana de quatro dias da Páscoa.

Deixe sua opinião