Lucas 22:54:62Então, prendendo-o, levaram-no para a casa do sumo sacerdote. Pedro os seguia à distância. Mas, quando acenderam um fogo no meio do pátio e se sentaram ao redor dele, Pedro sentou-se com eles. Uma criada o viu sentado ali à luz do fogo. Olhou fixamente para ele e disse: “Este homem estava com ele”. Mas ele negou: “Mulher, não o conheço”. Pouco depois, um homem o viu e disse: “Você também é um deles”. “Homem, não sou! “, respondeu Pedro.
Cerca de uma hora mais tarde, outro afirmou: “Certamente este homem estava com ele, pois é galileu”.
Pedro respondeu: “Homem, não sei do que você está falando! ” Falava ele ainda, quando o galo cantou.
O Senhor voltou-se e olhou diretamente para Pedro. Então Pedro se lembrou da palavra que o Senhor lhe tinha dito: “Antes que o galo cante hoje, você me negará três vezes”. Saindo dali, chorou amargamente.

Pedro: Autoestima inabalável, pouco preocupado com as opiniões alheias. Personalidade expansiva. Carismático, líder, sobressaia fácil. Um dos discípulos mais proeminentes do N.T., só perdendo para Paulo, mas mesmo assim nos primeiros anos da igreja Cristã é uma figura emblemática. Participa intensamente, mergulha com toda a sua alma no chamado de Jesus no projeto de Jesus nos propósitos de Jesus. Sem medo, sem traumas, Ele é intenso.

A ver pelo primeiro encontro de Pedro com Jesus:

Lucas 5:8 (Às margens do mar da Galiléia – Barco emprestado). No mar da Galileia se joga aos pés de Jesus: Quando Simão Pedro viu isso, prostrou-se aos pés de Jesus e disse: “Afasta-te de mim, Senhor, porque sou um homem pecador! “

 É Pedro quem recebe a revelação de quem é Jesus: “Tu és o Cristo o Filho do Deus vivo.”Mateus 16:16

Cortou a orelha do servo do Sumo Sacerdote em João 18:10

Pedro está tão comprometido com a causa de Jesus, com o Reino de Jesus que ele diz o seguinte em Mateus 26:35: Mas Pedro declarou: “Mesmo que seja preciso que eu morra contigo, nunca te negarei (aparneomai > infidelidade no relacionamento, abandono da comunhão)”. E todos os outros discípulos disseram o mesmo. “Eu estou tão comprometido contigo que eu não vou te abandonar, mesmo que isso me custe a vida!”

Citar Lucas 22:31-34: “Simão, Simão, Satanás pediu vocês para peneirá-los como trigo.

Mas eu orei por você, para que a sua fé não desfaleça. E quando você se converter, fortaleça os seus irmãos”.

Mas ele respondeu: “Estou pronto para ir contigo para a prisão e para a morte”.
Respondeu Jesus: “Eu lhe digo, Pedro, que antes que o galo cante hoje, três vezes você negará que me conhece”.

Jesus vira-se para Pedro e diz: “Ah Pedro você está enganado a respeito de você mesmo. Amanhã você me negará três vezes”. 

Leia também!  Ai dos que chamam ao mal bem e ao bem, mal

1º. JESUS PERANTE O SINÉDRIO

– Pedro diante do Fogo no Pátio de Caifás. Mt. 22:54-62

Os olhares de Pedro e Jesus se cruzam. Pedro toma consciência das palavras de Jesus. 

2º. UM ENCONTRO MARCADO (No sábado foram ungir o corpo)

Jesus é morto, e ressuscitado aparece às mulheres (Maria, Maria Madalena e Salomé) e diz: “Vão e digam aos discípulos dele e a Pedro: ‘Ele está indo adiante de vocês para a Galiléia. Lá vocês o verão, como ele lhes disse”. Marcos 16:7

“Ele está esperando por vocês lá na praia!” Pedro não sabe se vai.

Eles se encontram na praia e começa o diálogo de Jesus com Pedro.

3º. O TRATAMENTO DE JESUS – O AMOR QUE LIBERTA…

João 21:15 Jesus pergunta três vezes: “Pedro, tu me amas?”

Responde Pedro: “Tu sabes Senhor que eu te amo!”

O AMOR no português é único para todas as coisas.

No Grego existem 4 tipos palavras para significar o amor:

Storge: É a palavra para afeição natural por coisas, animais de estimação ou colegas.

Eros: Representa a parte consciente do amor que uma pessoa sente por outra. É o amor que se liga de forma mais clara à atração física, e frequentemente compele as pessoas a manterem um relacionamento amoroso continuado. Nesse sentido também é sinônimo sensualidade que leva a atração física e depois às relações sexuais. Da cama, que pega fogo, erótico, amor de casal de homem com mulher de sexo, é um amor egoísta, que mata… que quer para si

Ágape: Amor divino, puro, o amor de Deus, o amor que morre… “Eu te amo tanto que sou capaz de morrer por você…” o amor que se dá que se sacrifica que perdoa 70×7. Que dói, que respeita que olha para nós e olha nossa ingratidão, e Deus se derrama em lágrimas de amor, e sofre de amor, “Jerusalém Jerusalém que mata seus profetas…” que soa sangue…

Fileo: O amor dos amigos, da simpatia, da empatia, das afinidades, da cumplicidade, do prazer da companhia…

Jesus 2 vezes pergunta: “Pedro você me agapao?”

Pedro: “Eu te Fileo!”

Na terceira Jesus: “Você me Fileo?”

“Apascenta minhas ovelhas.”

Isso é extraordinário!

Esta é a verdadeira conversão que Jesus falou lá atrás em Lc. 22:31-34

Pois o amor de Cristo nos constrange, porque estamos convencidos de que um morreu por todos; logo, todos morreram. 2 Coríntios 5:14

Romanos 2:29 – A circuncisão do coração.

 NÃO SOMOS PERFEITOS…

1º. Não precisamos ser perfeitos e amar a perfeição para que Deus nos ame e nos inclua no seu rol dos seus amados; (As nossas falhas, os nossos maus pensamentos…). Ele fala então tá bom vem comigo porque você é dos meus. Outros diriam: “Que isso Jesus…” “Você não entendeu nada, mas ele já entendeu…”

Leia também!  A igreja que Deus Procura

2º. O que Pedro entendeu? Porque o amor imperfeito de Pedro era suficiente para Jesus?

Porque Pedro sabia que o seu amor por Jesus era imperfeito. Quando Jesus pergunta para Pedro: “Pedro você me agapao?”, ou seja, “Você me ama à perfeição, você me ama do mesmo jeito que eu te amo?”

Pedro diz: “Eu lamento muito Senhor, eu queria muito, mas eu não consigo te amar como tu me amas…” E jesus teria dito: “Uh, até que enfim Pedro, você chegou onde eu queria que você chegasse…” “Porque eu jamais acreditei que você me amava como disse que me amava e eu jamais acreditei que você me amaria como disse que me amaria…” “… o problema é que você não sabia disso…” “… você se achava perfeito, você se achava capaz, você achava que conseguiria viver a altura do padrão de perfeição que eu estabeleci você se acreditava perfeito…” “… Esse era o seu problema, e graças a Deus você não está mais iludido a seu respeito…”

E esse é grande problema de uma espiritualidade legalista, farisaica, gente que acredita serem perfeitas… Gente que acredita que tem o jeito perfeito de falar, de se comportar, de se vestir, de cantar, de orar, de dar bronca nos filhos, de corrigir os filhos… E se você faz parte dessa corrente de pensamento eu lamento muito, mas tenho que te dizer que você vive no inferno e aprisionado por ele e não liberto pela graça de Deus. E aí você vive se culpando, se frustrando, só vive colocando defeitos nos outros e desesperadamente buscando a perfeição porque o diabo colocou na sua cabeça que para Deus te amar você tem que ser perfeitinho.

E ai a gente vive nessa gangorra. Você não é o pai a mãe perfeita, o filho perfeito, o amigo perfeito e nem o pastor perfeitoooo. E Deus nunca pensou um dia que você conseguiria ser.

Tem gente que diz: “Eu sei pastor que Deus me perdoou, mas eu não me perdoo”.

Isso porque na verdade você não quer admitir que você não é perfeito.

Não há ninguém que atenda integralmente às minhas expectativas. Pra gente, nem Deus é perfeito: Deus demora, deixa vivo uns caras que deveria ter morrido, e deixa morrer que deveria estar vivo… nem Deus é perfeito para nós… Eu disse para Andreia um dia desses: “Eu não vou conseguir ser 100% todos os dias…”

E o que Pedro descobre é que ele não era perfeito e que Jesus não o rejeitou por isso.

Leia também!  Apaixonados para sempre: Isso é possível?

Mas tem um detalhe que é o por quê que Jesus disse para Pedro que aceitava o Fileo dele.

1º. Porque Jesus viu que o Pedro viu que não era perfeito;

2º. Porque Jesus viu que Pedro sentia muito não ser perfeito;

Porque tem gente que descobre que não é perfeita e por conta disso se entrega à imperfeição. A síndrome da Gabriela – Ser humano pode aprender, pode melhorar, pode pelo menos tentar. Quem se entrega à imperfeição e faz da sua imperfeição uma desculpa para continuar no erro é gente que faz pouco caso do Ágape de Deus. É a velha desculpa da “carne é fraca”

CONCLUSÃO:

A graça de Deus não é uma credencial para uma vida de erro. Se por um lado não somos perfeitos, por outro não podemos ser dissimulados. E a gente tem que ter a consciência de que vamos viver na dinâmica do amor de Deus, que eu não vou conseguir nunca ser perfeito, mas sentir essa tristeza e usar essa tristeza como mola propulsora para melhorar a cada dia. Remorso não é a mesma coisa que arrependimento. O choro amargo de Pedro era um choro de arrependimento. O Choro de Pedro!

Pedro: “O que foi que eu fiz!”

Jesus: “Não se culpe, Pedro.” “Eu conheço a natureza humana.”

Pedro: “Que vergonha que sinto de mim mesmo Senhor.”

Jesus: “Não fique assim Pedro, eu já sabia que isso aconteceria. Lembra-se, Eu sou Deus!”

Pedro: “Eu não sou digno do seu amor.”

Jesus: “Eu te amo independente de suas falhas Pedro.”

Pedro: “A minha vida acabou…” “perdi a alegria de viver…”

Jesus: “Essa pode ter acabado para você…” “mas agora começa uma nova vida, uma nova história…”

Pedro: “Me perdoe Senhor, eu não sou tão forte assim.” “Eu não sou como pensava que fosse.”

Jesus: “Calma, isso aqui vai durar apenas um pequeno período de tempo.” “O choro pode durar uma noite, mas, a alegria vem ao amanhecer.”

Pedro: “Para mim o melhor é a morte Senhor”.

Jesus: “Viva em mim, por mim e para mim.” (Filipenses 1:21) –  Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho. 

“Compreender é muito mais profundo que conhecer. Existem muitas pessoas que me conhecem. Existem muitas pessoas que nos conhecem, mas pouquíssimas nos compreendem.”

Os dois extremos:

Só ir a Deus quando achar que não deve nada a Deus;

Por achar que deve a Deus e que não vai conseguir nunca pagar o que deve, se entregar ao pecado;

O que Deus espera de nós:

Verdade, autenticidade!

 por: Pr. André Lepre

Portal Padom

Deixe sua opinião