O presidente Jair Bolsonaro, estará viajando na manhã deste domingo, 27, para São Paulo, onde ficará internado no Hospital Albert Einstein, pois amanhã ele tem programado uma cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia, que ele carrega desde setembro do ano passado, quando foi operado após receber uma facada de Adélio Bispo de Oliveira, durante sua campanha eleitoral em Juiz de Fora, MG.

Está será a terceira cirurgia que o Presidente está realizando desde o atentado.

Durante todo o dia de hoje, Bolsonaro deverá ser submetido a diversos exames pré-operatórios e ficara em repouso.
A cirurgia está prevista para ser realizada às 6h da segunda-feira e será comandada pelo gastroenterologista Antonio Luiz de Vasconcellos Macedo.

Este tipo de cirurgia, que costuma durar de três a quatro horas, os médicos retiram a bolsa de colostomia e ligam novamente as partes do intestino grosso que estavam separadas pela bolsa. O prazo de recuperação pode ser de dez dias.

Segundo Otávio Santana do Rêgo Barros, porta-voz do governo, o gabinete da Presidência da República será transferido para o hospital, enquanto o presidente Jair Bolsonaro estiver se recuperando da cirurgia.
Durante a cirurgia e 48 horas após o procedimento, o vice-presidente Hamilton Mourão, assumirá a liderança do Brasil.

Deixe sua opinião

WhatsApp
Entre e receba as notícias e artigos do dia