Bolsonaro declara 3 dias de luto devido a morte de Shinzo Abe, ex-primeiro ministro japonês

O ex-primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, de 67 anos, perdeu a vida nesta sexta-feira, ao ser alvejado por um tiro durante um ato de campanha às vésperas das eleições que acontecem no próximo domingo.

0
63

O ex-primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, de 67 anos, perdeu a vida nesta sexta-feira, ao ser alvejado por um tiro durante um ato de campanha às vésperas das eleições que acontecem no próximo domingo. O atentado ocorreu na cidade de Nara, região oeste do país. Um homem de 41 anos identificado como Tetsuya Yamagami foi preso pela polícia no local do crime.

Ao saber da morte de Shinzo Abe, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, postou em suas redes sociais declarações lamentando o ocorrido, expressando a sua solidariedade aos irmãos japoneses.

“Como sinal de nosso respeito ao povo japonês, de reconhecimento pela amizade de Shinzo Abe com Brasil e de solidariedade diante de uma crueldade injustificável, decretei luto oficial em todo o país durante 3 dias. Que seu assassinato seja punido com rigor. Estamos com o Japão.”, escreveu Bolsonaro.

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui