A mulher suspeita de assassinar a adolescente Jenifer Aparecida dos Santos, de 12 anos, em Uberlândia foi presa às 3h desta quarta-feira (6) próximo à avenida Rondon Pacheco. A suspeita, que é vizinha da vítima, estava em um estabelecimento, no bairro Cazeca, por volta das 2h horas. Ela estava acompanhada do filho de 15 anos.
Segundo o delegado da Polícia Civil, Rogério Martinez, o crime pode estar relacionado à magia negra, já que o corpo da adolescente estava sem sangue e carbonizado. O delegado disse ainda, que a mulher confessou ter jogado o corpo da menina no local, mas negou que tenha matado a garota.
A suspeita está sendo ouvida neste momento pelo delegado. O corpo da adolescente será velado no cemitério Bom Pastor, às 10 horas.
O corpo foi encontrado esquartejado e queimado dentro do lixo da rodoviária de Uberlândia no fim da tarde dessa terça-feira (5).

O Tempo/www.padom.com

Deixe sua opinião