Pastor assume relatoria do projeto que regulariza a prostituição

PlénarioDe acordo com o jornal O Globo o deputado federal Pastor Eurico (PSB-PE) foi nomeado como relator do projeto de lei que regulariza a prostituição, uma proposta feita pelo deputado Jean Wyllys e que será debatida e votada pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM).

O deputado do PSB foi indicado como relator da proposta pelo deputado Marco Feliciano (PSC-SP) que é o presidente da comissão, o que gerou incômodo em Brasília, já que o referido projeto é de autoria do deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) opositor de Feliciano.

Wyllys batizou o projeto de “Lei Gabriela Leite”, nome de uma ex-prostituta que hoje é militante da causa. Se for aprovada, a lei vai regulamentar a atividade dos profissionais do sexo, permitir a criação de uma cooperativa da categoria, possibilitar o registro de profissional autônomo e impedir que terceiros recebam mais de 50% dos rendimentos desses profissionais.

O deputado que assumiu a relatoria do projeto de lei, e deve debater sobre ele antes de colocá-lo em votação na CDHM, já se mostrou contrário à proposta uma das mais polêmicas que a comissão deve decidir ainda este ano.

O jornal O Globo afirmou que o nome de Eurico foi indicado por Feliciano justamente para provocar o deputado do PSOL que tem se posicionado contra a permanência de Feliciano na Comissão de Direitos Humanos apoiando as manifestações que pedem a retirada dele do cargo.

Gospel Prime

Deixe sua opinião