URGENTE – Mundo deve se preparar para atentados do Estado Islâmico durante festa de Réveillon, inclusive o Rio de Janeiro

Notícias gospel – Esse ano a Europa planeja mudar completamente a rotina que comemora a virada de ano devido aos atentados terroristas que ocorreram na capital da França, Paris, onde 130 pessoas foram mortas em ataques cometidos pelo grupo terrorista Estado Islâmico.

Police operation in Saint-Denis, near Paris on November 18, 2015, five days after Paris terror attacks. Shooting broke out in northern Paris early November 18, 2015 during a dawn raid by police hunting those behind the attacks that claimed 129 lives in the French capital five days ago, sources said.   AFP PHOTO / KENZO TRIBOUILLARD

O governo da Alemanha está apreensivo devido o grande números de pessoas aglomeradas nas tradicionais queima de fogos que marcam a passagem de ano, e segundo informações, dois suspeitos foram detidos em operações policiais que descobriram que eles planejavam ataques na virada do ano na Europa.

Com base em informações do serviço secreto, as autoridades austríacas alertaram não somente a Europa, mas diversos países onde se comemoram festas de virada de ano nas grandes metrópoles, para se prevenirem contra possíveis ataques do grupo Estado Islâmico.

Autoridades mundiais reforçaram a segurança onde ocorrerão os eventos e milhares de policiais já se deslocaram para tentar prevenir e lutar contra um inimigo praticamente invisível que são os terroristas do Isis.

Na cidade de Paris cerca de 3 mil policiais estão de plantão e com ordens de prender qualquer suspeito, já na capital da Alemanha cerca de 1500 policiais reforçam a segurança de Berlim.

Nas capitais dos países europeus, as pessoas foram proibidas de portarem grandes bolsas durante a comemoração de réveillon, isso é uma medida de precaução a ser adotada para evitar que possíveis atentados sejam praticados.

No Brasil, onde se comemora a maior festa de réveillon do mundo, na praia de Copacabana no Rio de Janeiro, são esperadas cerca de 4 milhões de pessoas de acordo com os organizadores, porém o governo estadual e o governo federal garantiu que todas as medidas de segurança foram tomadas e que o Brasil não é um país alvo do grupo terrorista Estado Islâmico.

 

André Santos

Portal Padom

Deixe sua opinião