helicóptero da FABEm nota oficial, Polícia Federal afirma que são dez brasileiros e um estrangeiro identificados; nomes não foram divulgados

Segundo a Polícia Federal e Secretaria de Defesa Social de Pernambuco, 11 dos 49 corpos das vítimas do desastre do vôo AF447 que se encontram no IML/PE, já foram identificados até o momento, sendo 10 brasileiros e um estrangeiro. Dos brasileiros identificados, cinco são do sexo masculino e cinco do feminino. O único estrangeiro identificado até o momento é do sexo masculino.A comunicação aos familiares dos brasileiros já identificados foi realizada individualmente pelos Superintendentes Regionais da Polícia Federal na noite desexta-feira (19) e durante o sábado (20), por meio de visitas às residências dos familiares dos passageiros. O comunicado sobre a identificação da vítima estrangeira foi realizada à embaixada do seu país de origem.

A metodologia de identificação consiste na comparação de informações sobre os passageiros – que são fornecidas pelos familiares das vítimas e institutos de identificação civil -, com dados “postmortem”, que são observados e coletados nos corpos encontrados.

São trabalhadas informações sobre vestes, pertences, tatuagens, características físicas, impressões digitais, alinhamento dos dentes, forma das coroas e raízes dentárias, além de dados sobre tratamentos odontológicos, cirurgias médicas e exames de DNA.

O critério adotado pela Comissão de Identificação é o de considerar identificados apenas os casos comprovados pelos exames das impressões digitais, de arcada dentária, ou de DNA, que são considerados os três métodos primários de identificação da Interpol[bb]. As 11 identificações confirmadas até o momento estiveram suportadas pela análise das impressões digitais e da arcada dentária.

Apenas depois da conclusão do processo de identificação as famílias das vítimas são comunicadas. Terminada esta etapa, encerra-se o trabalho com a liberação do corpo à família para o processo de traslado, que é de responsabilidade da empresa aérea.

O comunicado inclui informações de que os trabalhos de identificação dos demais corpos continuam. Ainda é aguardada a chegada dos dados de referência para identificação da maior parte dos estrangeiros, informações imprescindíveis para o processo de identificação.

A PF reforça que não serão feitos comunicados às famílias por telefone, e-mail ou outro tipo de correspondência. Por conta disso, é desnecessário o deslocamento de familiares para Recife. Segundo nota, deve-se aguardar para receber pessoalmente comunicados em suas residências.

Abril/padom.com

Deixe sua opinião