A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, compareceu a uma missa na Igreja Nosso Senhor do Bonfim, em Salvador (BA), na manhã desta sexta-feira, para agradecer a cura de um câncer. Vestida toda de branca, a ministra foi saudada por um grupo de pais e mães-de-santo e tomou banho de folhas antes de entrar na igreja. Dilma estava acompanhada do governador Jacques Wagner (PT), da primeira-dama do Estado, Fátima Mendonça, do ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, do vice-governador Edmundo Pereira (PMDB) e de todos os secretários do governo baiano.
Negando estar em campanha eleitoral, Dilma afirmou que, apesar de não ser católica praticante, foi à Igreja porque tinha assumido o compromisso com fiéis de todo o País que oraram por seu restabelecimento. As informações foram divulgadas pela Agência Estado nesta sexta-feira.
Religiões – Na última segunda-feira (5), a ministra esteve em um culto da igreja evangélica Assembleia de Deus. Durante discurso de cerca de 10 minutos, Dilma utilizou diversos jargões dos frequentadores de cultos evangélicos.
Chamou os fiéis de “queridos irmãos e irmãs”. Em seguida, disse: “Que a paz do Senhor esteja com vocês”, obtendo em resposta um uníssono “Amém”.
Em meio a fala, utilizou uma citação do Evangelho de João: “Vim para que todos tenham vida em abundância”. Por fim, pediu que os fiéis orassem para que a equipe do presidente Luiz Inácio Lula da Silva possa “seguir adiante”.

DiárioGdABC/Padom

Deixe sua opinião