Greg Laurie, pastor da Harvest Christian Fellowship no sul da Califórnia, está incentivando as pessoas a orar pelo fim da disseminação do coronavírus e a acalmar os temores sobre o surto.

“Há muito pânico. De certa forma, acho que o medo viral sobre ele pode ser pior que o próprio vírus”, disse Laurie em um vídeo postado no Instagram.

“A Bíblia nos diz: não se preocupe, ore. Não se preocupe com nada. Deus é maior que o coronavírus”, acrescentou. 

Laurie aconselha as pessoas que se concentre em três itens principais relacionados ao COVID-19:

1. Seja prático sobre hábitos de higiene 

2. Ore pela proteção de Deus sobre a nação 

3. Proclame o evangelho 

O pastor escreveu que devemos seguir o conselho dos profissionais médicos, mas continuar orando pela proteção de Deus.

“Ouça os médicos especialistas e tome as medidas apropriadas (lave as mãos etc.). Mas precisamos substituir nosso medo pela fé e orar por nossa nação, para que Deus nos proteja”.

Scott James, especialista em doenças infecciosas pediátricas no Alabama, disse que o medo do desconhecido é um tema comum que ele continua vendo com o coronavírus.

“Uma coisa que me preocupa é a tendência geral de me concentrar nas incógnitas, de uma maneira que alimenta pânico e medo”, disse James. “Em vez de se preocupar com possíveis catástrofes, preste atenção às oportunidades que estão bem à sua frente: cuide-se, cuide dos outros e faça sua parte para limitar a propagação de doenças”.

James incentiva os cristãos a considerar possíveis pandemias com preparação e ter uma perspectiva bíblica com a situação.

“Preparação significa simplesmente que procuraremos nos informar da situação e fazer escolhas responsáveis ??pelo nosso próprio bem e pelo bem de nossas comunidades”.

Ele disse manter uma “perspectiva bíblica baseada no entendimento de que, independentemente de qual ameaça esteja no horizonte, Deus ainda está no controle. Confiar em Deus nos equipará para levar a ameaça a sério sem entrar em pânico ou desespero”.

Deixe sua opinião