Pouco depois de o candidato presidencial republicano Mitt Romney, ter se reunido como o Reverendo Billy Graham Rev. e seu filho Franklin Graham na quinta-feira, uma referência sobre o culto mormonismo foi retirado do site da Associação Evangelística Billy Graham.

Em uma seção do site chamado Billy Graham´s My Answer “Billy Graham  Minha Resposta”,  tinha a pergunta “O que é uma seita?”.

Resposta: “Uma seita é qualquer grupo que ensina doutrinas ou crenças que se desviam da mensagem bíblica da fé cristã”.

“Alguns desses grupos são os Testemunhas de Jeová, os Mórmons, a Igreja da Unificação, Os unitaristas, Espiritualistas, Cientologistas, e outros”, continuava a resposta.

Mas agora esta questão foi removida. Na terça-feira, a Associação Evangelística Billy Graham confirmou que a página foi recentemente removida do site.

“Nosso foco principal na Associação Evangelística Billy Graham sempre foi promover o Evangelho de Jesus Cristo”, disse à CNN Ken Barun, chefe de gabinete da associação, em um comunicado. “Nós removemos as informações do site, porque não queremos participar de um debate teológico sobre algo que se tornou politizado durante esta campanha”.

Romney é um membro vitalício da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, cujos membros são conhecidos como mórmons.

A informação sobre os cultos podem ser encontrados no cache seções do site no Archive.org de 05 de junho de 2010.

Quando lhe perguntaram sobre as crenças de Graham sobre o mormonismo,  o porta-voz de Graham A. Larry Ross, disse em um comunicado que “Através de um ministério evangelístico inclusive abrangendo mais de 60 anos, Billy Graham foi chamado para pregar a mensagem transformadora do Evangelho para o mundo inteiro, independentemente da sua religião, filiação ou nenhuma. Como tal, ele nunca fez o proselitismo, visando ou rotulando pessoas especificas, ou grupos, religiões ou denominações.”

“…Graham, tem um amor verdadeiro para todas as pessoas, e proclamou fielmente o amor de Deus a todos, oferecendo oportunidade para que eles respondam por fazer um compromisso de fé .”

“O chamado de Billy Graham não é para julgar, mas para proclamar a verdade bíblica de que Jesus é o único caminho para o céu, permitindo que cada indivíduo e grupo a caia ao longo desse fio de prumo”, a declaração continuou.

Leia também!  Igreja chinesa atribui "mal-entendido" às críticas do Vaticano

“Ele ainda salientou que a salvação é obra de Deus Todo-Poderoso, e que só Ele sabe o que está em cada coração humano”, disse o comunicado.

LEIA ABAIXO A QUESTÃO QUE FOI REMOVIDA DO SITE DE GRAHAM, TRADUZIDA AO PORTUGUES

O que é uma seita?

Uma seita é qualquer grupo que ensina doutrinas ou crenças que se desviam da mensagem bíblica da fé cristã. É muito importante que reconheçamos seitas e evitemos qualquer envolvimento com elas. As seitas geralmente ensinam alguma verdade cristã misturada com o erro, o que pode ser difícil de detectar.

Existem algumas características comuns à maioria das seitas:

• Elas não seguem unicamente aos 66 livros da Bíblia como a Palavra inspirada de Deus. Eles acrescentam suas “revelações especiais” com a Bíblia e os vê como igualmente autênticas.

• Eles não aceitam que a nossa relação com Jesus Cristo é uma realidade “pela graça, mediante a fé” apenas, mas promovem, em vez de uma salvação pelas obras.

• Eles não dão a Jesus Cristo, o Filho de Deus, o pleno reconhecimento como a segunda pessoa da Trindade, composta de Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo.

Alguns desses grupos são as Testemunhas de Jeová, os Mórmons, a Igreja da Unificação, unitaristas, espíritas, cientologistas, e outros.

Traduzido e adaptado de CNN por Portal Padom

Portal Padom

Deixe sua opinião