Um sacerdote da Irlanda do norte pediu à Igreja Católica que pare de usar a palavra “Natal”, dizendo que o feriado foi sequestrado pelo comercialismo, o papai noel e a superficialidade.
Nós perdemos o Natal, assim como perdemos a Páscoa, e devemos abandonar a palavra completamente“, disse o padre Desmond O’Donnell, de uma paróquia fora de Enniskillen, ao Belfast Telegraph. “Precisamos deixar isso, já foi sequestrado e precisamos reconhecer e aceitar isso“.

O’Donnell disse que não tem nada contra as festas de Natal, mas sentiu que se afastavam do verdadeiro significado espiritual do feriado.

“Eu não procuro tirar nada de ninguém, eu simplesmente estou pedindo que o espaço seja preservado para os fiéis para quem o Natal não tem nada a ver com o Papai Noel e a Rena”, disse ele. “Mas os não-crentes merecem e precisam também de sua celebração, é uma dinâmica humana essencial e todos precisamos disso na dureza da vida”.

O’Donnell explicou que “Minha experiência religiosa do Natal verdadeiro, como tantas outras, é muito profunda e real – como o ar que eu respiro”.

Ele acrescentou: “Eu acredito que os possam escolher celebrar o Natal saindo para as refeições e curtindo um copo de vinho, mas a comercialização de qualquer coisa nunca é boa”, disse ele.

Portal Padom

Deixe sua opinião