Jiban Masi, um pastor evangélico de 70 anos, foi morto com arco e flecha por um doente mental na aldeia de Bada Raks, Sundergarh distrito, Orissa, no domingo, 9 de outubro de acordo com a Agência Fides.

De acordo com a igreja local, “Esse assassinato é um caso completamente isolado e não está ligado à violência dos grupos hindus radicais”, sendo o crime aconteceu na extremidade ocidental de Orissa, limite de, Chhattisgarh por isso está longe de Khandamal onde acontece massacres contra os cristãos.

Manamasi Topno é o jovem que matou o pastor com um arco e flecha, quando ele estava sentado em frente a sua casa. Os moradores correram para o local, querendo punir o agressor, até que este também não resistiu e vindo a óbito. Os dois corpos foram entregues à polícia local que está realizando as investigações, a Fides agência.

Fonte: Portal Padom

Deixe sua opinião