O pastor Jesse Duplantis está dizendo agora que ele nunca pediu a seus seguidores que doassem 54 milhões de dólares para a compra de um jato, mas afirma que pediu para eles se juntarem a ele acreditando que Deus lhe daria a nova aeronave.

Duplantis, o fundador do Jesse Duplantis Ministries, em Louisiana, foi muito criticado nas redes sociais depois que foi amplamente divulgado na semana passada, que ele está buscando doações para um novo Dassault Falcon 7X durante seu programa “This Week with Jesse“.

Mesmo que o pregador da prosperidade já possua três aviões, ele disse que está “queimando-os para o Senhor” e que o Falcão 7X permitiria que ele chegasse a lugares sem parar.

Em um novo vídeo de quatro minutos postado no site do ministério, Duplantis tenta esclarecer suas observações anteriores, onde afirmou que Deus lhe disse para acreditar que Ele iria fornecer um Falcon 7X e que ele não teria que pagar por isso.

Antes de tudo, nunca angariei dinheiro para o avião”, disse Duplantis. “Eu coloquei na nossa revista e disse: ‘Acredite em Deus comigo’. Existe uma grande diferença entre “acreditar em Deus” e pedir dinheiro “.

Duplantis explicou que Deus lhe disse: “Você não precisa arrecadar dinheiro para isso. Isso só virá”.

Eu angari dinheiro para muitas outras coisas e não há nada de errado com isso porque organizações religiosas fazem isso“, disse. Duplantis culpou a mídia por distorcer a história.

“Você sabe, quando você começa a pegar uma história, as pessoas começam a adicionar coisas a ela, levando as coisas embora, coisas dessa natureza e tudo fica confuso”, disse ele.

“Deixe-me apenas dizer de novo, esta é a verdade aqui porque eu sou o único que começou isso…Eu não estou pedindo para você pagar pelo meu avião”, acrescentou. “O Senhor disse: ‘Eu não pedi a você para pagar por isso, eu pedi a você para acreditar nisso.’ Isso é o que eu disse. Então estou acreditando e quero que você acredite comigo. “

Duplantis explicou que ele nunca “enganou” ninguém e como seu ministério é televisionado em mais de 106 milhões de lares em todo o país. Ele acrescentou que algumas pessoas ligaram para ele e pediram para “se envolver nesse novo plano pelo qual você está acreditando”.

“Eu disse: ‘Bem, isso é com você. ‘ Mas eu nunca lhe pedi isso“, frisou. “E, não há nada de errado em pedir-lhe isso. Mas essa não é a questão porque eu não pedi porque estou seguindo a direção que o Senhor me disse: ‘Apenas acredite em mim e eu irei’“.

Duplantis também assegurou que ele não está chateado com a atenção negativa da mídia que recebeu na semana passada. Na verdade, ele disse que toda a imprensa negativa realmente “excita” ele.

“Eu nunca tive tanta pressão na minha vida. [Mesmo que] seja negativa, não faz diferença”, disse ele. “Meu rosto está em todas essas coisas diferentes. Quem teria pensado que eu estaria na Fox News,  Good Morning America, – bom Deus – CNN, todas essas coisas diferentes.”

Duplantis afirmou que, apesar de seus 40 anos no ministério, ele nunca esteve envolvido em um escândalo.

“Isso não é um escândalo”, afirmou. “Isso, o que estou fazendo hoje, é deixar você saber a verdade e deixar você saber o que está acontecendo e o que eu fiz para mostrar a você tudo na minha vida.”

“Para todos vocês, outras pessoas que podem não entender isso, você tem esse direito. Eu não vou me defender porque eu não fiz nada de errado e eu quero dizer sinceramente”, continuou ele. “Mas se você acredita nisso, se você acha que eu pedi, você tem esse direito. Isso é o que é bom sobre os Estados Unidos da América, é chamado de liberdade de expressão”.

Duplantis também afirmou que ele tem planos para “dar” um dos seus aviões que ele possuiu há 12 anos “porque acreditamos em Deus para o 7X entrar”.

Portal Padom

Com informações CP

Deixe sua opinião