JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗

Longa-metragem sobre a gripe A é filmado em Erechim
Filme conta com 64 figurantes e oito atores amadores da comunidade
Pessoas mortas pelas ruas, uma população dizimada. E uma família tentando fugir ao horror de uma doença que atemoriza a todos. As cenas mostram uma versão do que poderia ocorrer com a disseminação em larga escala da gripe A, sem a existência de medicação e de prevenção.O filme que está sendo rodado nas ruas de Erechim e em locações do interior, conta com 64 figurantes e oito atores amadores da comunidade, e deve ficar pronto para exibição em 1 de setembro.
O longa de 125 minutos chamado Para Onde eu Irei começou a ser filmado na noite de madrugada de sábado, com um enredo mostrando uma versão mais drástica da doença e uma mensagem religiosa e espiritual repassada pela comunidade evangélica da cidade. Carros batidos foram usados para compor as cenas em que, pessoas contaminadas pelo vírus, perdessem os sentidos dirigindo e se acidentassem.
Na tarde deste sábado, os atores gravam cenas às margens da barragem do Rio Passo Fundo, local onde a família em fuga teria se escondido na tentativa de evitar a contaminação. Segundo o cineasta Osnei de Lima, que dirige a produção, os oito atores principais estão sendo submetidos a uma alimentação racionada, para que adquiram um ar de abatimento.
— Estamos gravando ao estilo Bruxa de Blair, numa espécie de maratona. Começamos na sexta e só vamos parar no domingo — conta Lima.
A última cena a ser gravada, na noite de domingo, é o culto que abre o roteiro do filme, onde um pastor fala sobre o fim dos tempos e a necessidade de voltar-se para Deus. O filme deve estar finalizado no dia 1 de setembro para exibição em todo o país.
zerohora/padom

Deixe sua opinião