Atirador na Igreja Lakewood de Joel Osteen Escreve ‘Free Palestine’ na Arma”

Atirador na Igreja de Joel Osteen: Incidente Chocante Deixa Dois Feridos

36
Atirador na Igreja de Joel Osteen: Incidente Chocante Deixa Dois Feridos
Atirador na Igreja de Joel Osteen: Incidente Chocante Deixa Dois Feridos

Um tiroteio ocorreu em uma das maiores igrejas dos Estados Unidos, a Lakewood Church de Joel Osteen, em Houston, deixando duas pessoas feridas antes que o atirador fosse morto. A polícia elogiou a rápida resposta de dois policiais à paisana que impediram uma tragédia maior.

Um vídeo mostrou uma transmissão ao vivo em espanhol da Lakewood pouco antes de um serviço vespertino. Em seguida, tiros podem ser ouvidos quando o tiroteio começou.

A polícia de Houston diz que uma mulher na casa dos 30 anos vestindo um sobretudo entrou na igreja com um rifle e imediatamente abriu fogo. O rifle tinha “Free Palestine” (Palestina Livre) escrito nele, de acordo com uma fonte federal de aplicação da lei.

KHOU e outras fontes agora estão relatando a identidade do atirador como Genesse Ivonne Moreno, uma pessoa transgênero que foi anteriormente identificada como Jeffrey Escalante durante prisões anteriores por agressão e outros crimes.

Testemunhas oculares da igreja descrevem os momentos aterrorizantes quando o tiroteio ocorreu. Levi Andrade, que estava na igreja, disse: “Eu estava apenas subindo as escadas e quando cheguei ao topo eles começaram a atirar. Eu não sei, eu só ouvi mais de 10 tiros.”

Outra testemunha ocular, Alan Guity, disse: “Eles eram repetitivos, Boom, boom, boom, boom. E eu gritei, ‘Mãe!'”

Dois policiais à paisana que trabalhavam na igreja atiraram e mataram o atacante.

Um menino pequeno entre quatro e cinco anos de idade, que estava com o atirador, foi atingido por tiros e foi listado em estado crítico durante a noite em um hospital da área de Houston.

Um homem de 57 anos na igreja foi baleado na perna e também está sendo tratado.

Em uma coletiva de imprensa após o tiroteio, o chefe de polícia de Houston, Troy Finner, disse: “Aquela mulher, aquela suspeita colocou aquele bebê em perigo. Eu vou colocar a culpa nela.”

A polícia diz que antes de a atiradora morrer, ela afirmou ter uma bomba, mas os policiais não encontraram explosivos.

O pastor Joel Osteen elogiou as ações rápidas das forças de segurança e disse que a igreja está orando pelas vítimas e pela família do atirador.

“Claro, estamos devastados”, disse Osteen. “Vamos orar por aquele menininho de cinco anos e orar pela mulher que faleceu, sua família e todos, e o outro cavalheiro. Existem forças do mal, mas as forças que estão conosco, as forças de Deus, são mais fortes do que isso. Então, vamos continuar fortes e fazendo o que Deus nos chamou para fazer: levantar as pessoas e dar esperança ao mundo.”

Obs: O Movimento Palestina Livre é um movimento armado palestino sírio e uma organização comunitária que é liderada pelo empresário Yasser Qashlaq e apoia o governo baathista da Síria.

Deixe sua opinião