7 regras básicas para saber se o seu terno serve

Não adianta nada você comprar um terno superbonito — e caro — se a peça não cair bem em você. Entretanto, nem sempre é fácil saber se o paletó e a calça realmente serviram como deveriam, não é mesmo?

Afinal, são tantas medidas e modelos…
Foi pensando nisso que o pessoal da revista Esquire
publicou um guia com sete medidas simples para que você não erre mais e não saia por aí parecendo o Didi Mocó. Confira:

* Ombreiras: elas sempre devem acompanhar os seus ombros, e nunca ultrapassá-los;
* Ajuste: sua mão aberta deve deslizar com facilidade sob a lapela enquanto o primeiro botão — ou o do meio — estiver abotoado. Se você usar o punho fechado, o paletó deverá ficar repuxado na altura do botão;
* Botões: o botão do meio — no caso de paletós com três botões — nunca deve ficar abaixo do seu umbigo e, no caso de paletós de dois botões, tome como referência o primeiro deles;
* Comprimento: para saber se o comprimento do paletó está certo, feche os punhos e verifique se a barra fica na mesma altura das articulações dos seus dedos;
* Mangas: as mangas do paletó devem ficar na altura em que a base do seu dedão se encontra com o seu pulso;
* Camisa: aproximadamente 1,5 centímetros da manga da camisa devem ficar visíveis sob a manga do paletó;
* Barra da calça: a barra deve ficar cerca de 2,5 centímetros do chão.

 Esquire / Tecno Mundo / Portal Padom

Deixe sua opinião