Um ex-padre da Califórnia extraditado dos Estados Unidos compareceu em corte britânica neste sábado para enfrentar acusação de abuso sexual de meninos.
James Robinson, 71, é acusado de ter cometido os abusos quando servia como padre católico romano no Reino Unido entre 1959 e 1983.Ele se mudou para a Califórnia, nos EUA, dois anos depois e foi preso em janeiro passado depois de ter sido encontrado por um programa da rede BBC que o confrontou com uma das vítimas.
Robinson foi levado sob custódia depois de uma audiência de dois minutos em Birmingham, a 190 km de Londres, capital inglesa.
A polícia de West Midlands afirma que Robinson chegou ao aeroporto Heathrow de Londres na sexta-feira depois de ter sido extraditado. Ele enfrenta 22 acusações de abuso sexual e a próxima audiência deve ser realizada em 3 de novembro.
Fonte: Folha Online/padom

Deixe sua opinião