Pastor é obrigado a renunciar por falar contra homossexualidade

269

Noticias gospel – Um pastor do Reino Unido diz que foi pressionado a renunciar após citar um versículo bíblico que fala sobre a homossexualidade em um serviço religioso.

O reverendo Barry Grayhorn trabalhou como jardineiro em uma prisão para criminosos sexuais. Ele havia se oferecido como voluntario para ajudar com os serviços em uma capela da prisão.

No ano passado, ele falou sobre o arrependimento e o perdão, citando 1 Coríntios 6: 9-11, que menciona o adultério e homossexualidade.

Poucos dias depois, alguém apresentar uma denúncia. Barry foi excluído da capela e sob a acusação de ter feito comentários homofônicos.

Ele começou a sofrer assedio e finalmente renunciou. O Centro Jurídico Cristão vai representar Grayhorn em uma audiência de emprego na segunda-feira.

Portal Padom

Deixe sua opinião