Uma foto postada no site da Igreja Missão Evangélica Praia da Costa, em Vila Velha, no Espírito Santo, tem gerado polêmica nas redes sociais, pois o pastor Lúcio Barreto, conhecido como Pr. Lucinho aparece ‘cheirando’ a Bíblia Sagrada, fazendo uma alusão ao consumo de drogas.

Lucinho, que é ligado a Igreja Batista da Lagoinha, de Belo Horizonte, há três anos prega na igreja de Vila Velha, no culto denominado como ‘Quarta Louca por Jesus’. Segundo o pastor presidente da Missão Evangélica Praia da Costa, Simonton Araujo, o pastor Lucinho desenvolve um trabalho social, que tem como o objetivo atrair jovens que estão viciados em drogas, para trazê-los dentro do evangelho de Cristo. “… onde há prazer e alegria de verdade”, diz o Araújo.

Um convite intitulado ‘A Loucura não tem fim’, que foi postado no site da Igreja Missão, diz que “Quarta-feira é um dia de unir as forças com mais de 1000 pessoas para fortalecer a fé e se tornar um louco por Jesus. Pr. Lucinho, da Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte, marca presença toda semana na Quarta Louca por Jesus que começa às 20h com as bandas da Missão pra fazer a quarta ainda mais eletrizante.”, então abaixo desses dizeres, aparece à foto do pastor Lucinho cheirando a Bíblia Sagrada e escrita em letras grandes A LOUCURA NÃO TEM FIM.

No entanto, a imagem que se espalhou nas redes sociais, não agradou os evangélicos por acreditarem que a imagem associa o Evangelho com os vícios, e pessoas de outras religiões tem feito trocadilhos como “carreira gospel” e “ao pó voltarás”, se escarnecendo dos evangélicos.

“A intenção é das melhores. Mas criticar é um direito democrático. Nós, entretanto, aprendemos com a Bíblia a tratar com cuidado aqueles que estão proclamando o nome de Cristo e a respeitar mesmo quando não gostamos ou concordamos com algo”, diz o pastor Simonton Araújo.

Mesmo com a polêmica, o pastor Simonton, garante que esta tendo sucesso nas reuniões de quarta-feira, pois cerca de 1,5 mil jovens comparecem para ouvir a pregação do Pr. Lucinho.  “O nosso objetivo está sendo alcançado: os jovens estão buscando a Deus e estudando a Bíblia”, defende.

O portal G1, diz que entrou em contato com a assessoria de comunicação da Igreja Batista da Lagoinha, mais foram informados que não se manifestariam sobre o assunto pois o pastor Lucinho tem assessoria de imprensa própria.

Portal Padom

Deixe sua opinião