JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗

bento xvi ultima quaresmaO Papa Bento 16 condenou com firmeza os males que afligem a Igreja Católica, como a hipocrisia e suas divisões internas, em sua última grande homilia antes de cumprir, no próximo dia 28 de fevereiro, a sua renuncia.

O Pontífice estava vestido uma casula violeta, da época de Quaresma, pronunciou suas duras criticas durante a missa solene de Quarta-Feira de Cinzas, na Basílica de São Pedro, diante de inúmeros cardeais, bispos e membros do corpo diplomático.

A Igreja “está na ocasião desfigurada“, pelas “divisões dentro do corpo eclesiástico“, lamentou o religioso.

O Papa alemão também lamentou a “hipocrisia religiosa“, assim como “o comportamento dos que aparentam” e das atitudes que buscam antes de tudo “os aplausos e a aprovação” e instou a superar “o individualismo e as rivalidades“.

Ao ler as petições, Bento XVI pediu à Igreja Católica “neste momento particular” e aos fiéis que ele esteja sempre presente em suas orações.

Após a missa, o cardeal Tarcísio Bertone, número dois do Vaticano e braço direito de Bento XVI, rendeu em nome da Cúria uma, uma homenagem ao primeiro pontífice que renunciou o seu ministério na era moderna.

“Obrigado! Obrigado por sua força, sua humildade e grande coragem demonstrado durante seu pontificado. O amor profundo pela Igreja o levou a esse gesto”, disse ele.

Portal Padom

Deixe sua opinião

JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗