Mulher é proibida de orar em frente da escola que o filho estuda

lizarda-uerña-escola-orar-mulherAutoridades de uma escola em News Hampshire, nos Estados Unidos, proibiu uma mãe de orar pelos alunos na entrada da escola.

Lizarda Uerña tem dois filhos no centro educativo Concord, na cidade de mesmo nome. Ela começou a orar pelos alunos logo que encontraram perto dos banheiros da instituição duas balas em 2011.

Ureña disse que todas as manhãs ora em voz alta enquanto os estudantes entram na escola. No entanto, funcionários da instituição disseram recentemente que as orações não eram bem-vindas, após alguém apresentar uma denúncia diante da Free From Religion Foundation, uma organização ateísta.

“Eles me dissera, não, não mais”, disse com lágrimas nos olhos, a mãe dos alunos. “eu levanto minhas mãos para louvar ao Senhor com minha Bíblia e algumas vezes me ajoelho”,

No entanto, ela afirma que continuará orando pela escola, mesmo que não seja na entrada do centro de estudo.

Portal Padom

Deixe sua opinião