O ministro da Defesa de Israel, Avigdor Liberman, disse que a paz no Oriente Médio só será possível com a chegada do Messias, enquanto informa sobre as ações israelenses contra alvos iranianos na Síria.

As Forças de Defesa de Israel (IDF) destruíram quase toda a infraestrutura militar do Irã em território sírio, Liberman explicou como a resposta foi a cerca de 20 foguetes lançados contra Israel na semana passada. “Se o Irã nos alcançar como a chuva, nós os atingiremos como uma inundação”, disse o ministro da Defesa.

Iron Dome, e os outros 16 caíram na região de Golan. No total, as FDI fizeram ataques aéreos contra cerca de 50 instalações de treinamento militar iraniano, posições de lançamento de foguetes e depósitos de armas comandados pela força de Al-Quds da Guarda da Revolução Iraniana.

Liberman também disse que seu país “não permitirá que o Irã faça da Síria uma base para atacar Israel “. “Existem muitos países islâmicos radicais, mas o Irã é o único que está realmente implementando sua ideologia em todo o Oriente Médio e Norte da África.”

“O Irã já gastou cerca de 13 bilhões de dólares na guerra na Síria e continua investindo cerca de 2 bilhões de dólares por ano”, disse ele.

Ao comentar sobre as manifestações dos palestinos nas últimas semanas, o ministro da Defesa fez uma declaração surpreendente.

 “A paz no Oriente Médio só virá com a chegada do Messias”, disse ele. “Não há paz no Oriente Médio, quem fala sobre isso nesta região está confuso sobre sua geografia.”

Liberman salientou que o grupo terrorista Hamas não tem interesse na coexistência ou bem-estar de seu próprio povo, e “eles só querem nos destruir”.

Portal Padom

Deixe sua opinião