Miley, depois de sua performance no Brasil em seu Twitter ela agredeceu ao Brasil, falou de rumores e de limpar a imagem de garota má. E outros lhe perguntaram você é uma garota má?

A sua mãe apareceu entusiasmada sobre o show da filha “Amei todas as rosas que os fãs trouxeram na última noite no Rio! Foi lindo!” no microblog.

Mas, em uma outra parte do mundo, Billy Ray Cyrus, o pai de Miley, aparentemente não tem falado muito sobre os recentes shows de Miley. Show? Rosas? Rumores? Má imagem da filha? Cyrus ao invés disso, aparece mostrando como mantém sua fé em Deus e urgindo aos outros que acreditem em milagres.

Foi como escreveu em seu microblog uns dias antes, “Mantenha a sua fé… seja forte … e acredite em milagres! Posso ouvir um AMEN?”

O famoso cantor country nunca se importou em falar de sua fé, em entrevistas passadas ele revelou que seu avó era pregador pentecostal e ele foi basicamente nascido na Igreja.

Quando vivia em Hollywood, o cantor country confessou ao Beliefnet em entrevistas anteriores, que viver em Hollywood era mais difícil do que em Franklin, Tennesse, de onde eles vieram. “Tem muita fé em volta [em Franklin], muita luz. Muitas pessoas tem lido a Bíblia. [Fé] é parte de sua vida, parte da comunidade.”

Entretanto, ele não pôde dizer o mesmo de Hollywood, o cantor havia afirmado ser difícil de encontrar “muita luz” lá. Foi por essa razão que ele começou a fazer “Doc” na TV Pax [Doc foi uma série da TV sobre um médico do interior transferido para Nova York]. Segundo ele, ele teria aceitado depois de ler o roteiro que era sobre esperança, fé e amor.

“Isso representou um entretenimento positivo para mim no mundo das trevas.”

Foi esse o ponto de partida que lançaria Miley ao sucesso? Na época, Cyrus confessou que de alguma forma, se não fosse por ‘Doc’, Miley não teria sido Hannah Montana. “Foi através de ‘Doc’ que ela começou a atuar e começou a estudar teatro.”

Ele orava para Deus, pedindo entretanto, que “Deus desse sabedoria e a visão e a capacidade de ver as coisas que eles deveriam ver, de fazer as coisas que deveriam fazer, cantar as músicas que deveriam cantar e ser o povo que deveria ser.”

Mas será que o que Miley estava fazendo era o que Deus fez ela fazer na época em que fazia Hannah Montana? Ele disse com convicção que era por isso que ela havia sido chamada Esperança Destino antes de nascer. “Porque eu estava positivo de que havia uma voz me dizendo que era o seu destino de trazer esperança ao mundo.”

Contudo, depois do sucesso de Hannah Montana, Miley obteve uma imagem controversa de ‘garota má’ como afirmou em seu Twitter. Além disso, Cyrus e sua esposa se viram separados. Miley tornou-se polêmica com atos controversos em sua carreira, aparecendo usando drogas em sua festa de anivesário, dançando com um mastro em uma performance, e com fotos de nudez na internet.

Apesar de confuso, Miley, já tentou por diversas vezes defender sua fé cristã em muitos momentos de sua carreira, em que muitos a questionavam por sua fé em meio a tantas controversas. Mas em suas declarações anteriores, ela disse que não definia sua fé indo à Igreja todo o domingo,” e reclamou que “Eu tenho que viver a vida.”

Talvez a cantora expresse ainda outros sentimentos resultantes de todas as suas experiências, familiares, de sua carreira, e de sua fé. Foi como fez na música “forgiveness and love” que fala sobre perdão, amor, e fé, que ela cantou em seus shows.

ChristianPost / Portal Padom

Deixe sua opinião