A convocaçãPastor Luís Carlos Barretoo da Junta de Missões Nacionais (JMN) a voluntários maiores de 16 anos para participar de 1º a 16 de julho da operação evangelística Jesus Transforma, ou Trans, como é mais conhecida, atraiu voluntários de nove estados brasileiros e até do exterior, mas ainda assim o alvo previsto não foi atingido até sexta-feira, faltando apenas uma semana para o término das inscrições, que se encerram no dia 26.

“Para compormos as equipes que vão trabalhar nas 14 frentes missionárias programadas para evangelizar 5.600 pessoas em Maceió e mais 13 cidades do interior do Estado, nossa expectativa era alcançar 180 voluntários, mas até agora só conseguimos pouco mais de 70. Precisamos, no mínimo, duplicar este número até a próxima quarta-feira”, diz o coordenador local do projeto, pastor Luís Carlos Barreto.Ele avalia como ótima a confirmação de voluntários de outros estados – um deles de Madri, na Espanha. “O que não está correspondendo com a demanda que esperávamos, pelo menos até agora, são as inscrições de pessoas das igrejas locais. Mas ainda acreditamos que o projeto será realizado em sua totalidade com a adesão de novos voluntários em nosso Estado”, reforça o coordenador.

A Trans é uma ação missionária que acontecerá simultaneamente no mês de julho em oito estados. O evento, promovido pela JMN – entidade ligada à Convenção Batista Brasileira –, conta com a parceria de igrejas e outras instituições batistas locais. Sua finalidade é anunciar o evangelho em bairros e cidades onde o conhecimento do verdadeiro Deus está ausente de seus habitantes.

Em Alagoas, a Trans 2009 será realizada no conjunto habitacional Henrique Equelman, na Via-Expressa, em Maceió, e nas cidades de Maragogi, Japaratinga, Arapiraca, Olho d’Água das Flores, Viçosa, Igreja Nova, Capela, Passo de Camaragibe, Ibateguara, Pão de Açúcar, Rio Largo e na Rocha Cavalcante, em União dos Palmares. Em Arapiraca serão duas frentes missionárias em diferentes localidades.

A coordenação nacional do projeto está a cargo da missionária Fabíola Molulo. A estadual, liderada pelo pastor Luiz Carlos Barreto, ministro de evangelismo da Igreja Batista do Farol, conta também com a participação do pastor Jonas Bispo, gerente do escritório da Convenção Batista Alagoana. O projeto envolve, além das igrejas filiadas à CBA, as associações e a Ordem dos Pastores Batistas.

Treinamento e inscrição

Participar de uma Trans é, acima de tudo, demonstrar paixão pelas almas perdidas e comprometimento com o Reino de Deus. Os que decidem viver essa experiência vão passar por um treinamento nos dias 2 e 3 de julho no Acampamento Pastor Boyd O’Neal, em Paripueira, recebendo informações sobre o campo de atuação e aprendendo técnicas de evangelização para aplicar durante a campanha.

Para participar da Trans, o voluntário inscrito paga R$ 60,00, referente ao kit oferecido pela JMN e despesa com seu deslocamento ao local de treinamento. Mas quem não estiver em condições de assumir esses custos em sua totalidade, deve entrar em contato com a CBA pelo telefone 3336-2207. O formulário e maiores informações sobre a inscrição estão no site www.missoesnacionais.org.br.

O valor da inscrição para os voluntários que vão atuar na Trans Alagoas é R$ 20,00 a menos que o fixado para os demais estados onde a campanha será realizada. Isto em função de uma parceria entre a CBA e a Auto Viação Rio Largo disponibilizando ônibus para o transporte das equipes no deslocamento de Maceió ao campo onde vão trabalhar e no retorno a capital, no dia 16.

Alagoas24h/padom.com

Deixe sua opinião