Hamas afirma que, Israel abriu as portas do inferno, por ter matado seu líder

Ahmed Jabari, assassinato em ataque do exercito israelense

Nesta quarta-feira as forças aéreas de Israel provocaram várias explosões na cidade de Gaza.

“O Exército israelense lançou uma grande campanha contra a infraestrutura das organizações terroristas na Faixa de Gaza, incluindo em primeiro lugar, o Hamas e a Jihad Islâmica. O principal objetivo era Ahmed Jabari, que está envolvido em uma série de ataques terroristas” informou um comunicado do Exército israelense.

Em resposta ao ataque, o Hamas disse que Israel abriu as “portas do inferno” com a morte de seu comandante, e prometeram uma resposta maciça contra o estado judeu. Autoridades palestinas dizem que pelo menos seis pessoas morreram em ataques aéreos.

A operação israelense começou com o assassinato de um importante líder do Hamas chefe militar, que morreu quarta-feira em um ataque aéreo. Ahmed Jabari era o chefe da ala militar da organização e uma figura-chave do grupo em Gaza.

A ofensiva foi realizada como uma resposta aos ataques com foguetes lançados da Faixa de Gaza contra o sul de Israel nos últimos dias.

Portal Padom

Deixe sua opinião