Uma estátua de 400 anos da Deusa da Abundância, exibida em templo metodista de Bristol (Inglaterra), foi modificada mais de 250 anos atrás. Concebida originalmente com os seios desnudos, os anos de topless chegaram ao fim por causa de uma medida conservadora. Uma roupa foi pintada para cobrir a nudez.

Especialistas acreditam que o reverendo John Wesley – fundador do movimento metodista – foi o responsável pela ação pudica. Naquele período ele era o chefe da paróquia.

Ele fazia sermões no salão onde estava a estátua e cobriu os seios para evitar que fiéis se distraíssem.

Agora, a Deusa da Abundância teve a cobertura removida e voltou a exibir os seios históricos.

O Globo / Portal Padom

Deixe sua opinião