Descoberta nos EUA, tribo indígena com raízes judaicas

370

O diário israelense Haaretz, publicou recentemente que os geneticistas do Centro Médico Sheba, em Israel, descobriram que uma população indígena no Estado do Colorado, EUA,  tem suas raízes genéticas judias, que remotam a expulsão do judeus na Espanha em 1492.

O indicador comum foi uma única mutação genética no gene BRCA1. Esta mutação é encontrada nos judeus de origem Ashkenazi, ou seja, entre os judeus da Europa Central e Oriental, tendo uma relação com o aumento de risco no caso de câncer de mama e ovário.

O especialista em oncogenetica, Jeffrey Weitzel, examinou amostra de 110 famílias de estadunidenses de origem hispânica e publicou um artigo apontando a sua ancestralidade comum: as pessoas que imigraram para os Estados Unidos desde o México e America do Sul.

Aparentemente, cerca de 600 anos atrás, uma comunidade judaica emigrou da Europa para a América do Sul. Naquela época, Cristóvão Colombo descobriu a América e os judeus da Espanha foram expulsos.

Os pesquisadores notaram que os índios do Colorado não estão familiarizados com os costumes e tradições judaicas nem tem lendas que podem vinculados com os seus antepassados ??vindos do exterior.

Portal Padom

Com informações Acontecer Cristiano

Deixe sua opinião