Pastores e suas esposas e filhos foram brutalmente feridos.

Um grupo de homens atacou os líderes de uma igreja batista perto de Hanói, no domingo (13 de novembro), deixando um pastor inconsciente e ferindo gravemente vários outros, incluindo mulheres e filhos adolescentes.

Líderes da Igreja Batista Ágape estavam participando de uma reunião de renovação espiritual na casa do pastor Nguyen Danh Chau Lai, no distrito My Duc, quando a quadrilha invadiu às 9h30, disseram fontes.

Batendo nas pessoas e quebrando a propriedade, a gangue feriu gravemente mais de uma dúzia de participantes e advertiu o pastor Nguyen Chau Danh que eles iriam matá-lo se ele continuasse reunindo cristãos. Com o curso de ataque, alguns membros da quadrilha correram para fora e mentindo anunciaram para o bairro: “oh céus, os pastores cristãos estão espancando brutalmente as pessoas!” Isso atraiu uma grande multidão para impedir os cristãos de escapar.

Os cristãos gravemente feridos incluíram cinco pastores do sexo masculino, quatro mulheres pastoras e outros líderes da igreja, e vários adolescentes. O mais ferido, Nguyen Chau Danh, ficou inconsciente por várias horas, e a partir de meia-noite de terça-feira (15 novembro), ele ainda sofria intensas dores no peito, no estômago e na cabeça. A esposa de um pastor, Nguyen Thi Lan, ainda era incapaz de andar, pois ela foi atingida no estômago e na virilha. Outros permaneceram fracos devido a perda de sangue. Os cristãos foram agredidos com socos na boca e no rosto, no peito e nas costas.

Alguns foram chutados barbaramente enquanto estavam deitados no chão. O líder máximo da denominação, Nguyen Cong Thanh, que correu desde o sul para visitar os líderes sitiados, informou que planejava levar os feridos para um hospital próximo ainda hoje, mas temia que encontrar resistência.

Quando os médicos no Vietnã sabem que a violência foi por motivos religiosos, normalmente não se atrevem a tratar ou mesmo examinar as vítimas de perseguição.

O grupo foi atacado no Dia Internacional de Oração pela Igreja Perseguida.

A quadrilha quebrou uma dúzia de cadeiras de plástico e virou um púlpito, não deixando dúvidas quanto à sua motivação. Eles também roubaram peças valiosas de quatro motocicletas pertencentes aos pastores, antes de esmagar o restante dos veículos. Avaliados em mais de $ 1.000,00 cada uma, as motos representam uma enorme perda para os líderes da igreja. Antes de sair, a gangue parou o tempo suficiente para destruir o jardim da família, a cozinha e os frutos das árvores, disseram as fontes.

A Igreja Batista Ágape é uma igreja em casa, não registrada, e possui cerca de 2.200 membros espalhados em 38 congregações. Foi criada em 2007. Muitas das congregações estão localizadas perto de Hanói e províncias vizinhas. O líder da denominação, pastor Nguyen Cong Thanh, disse em um comunicado na terça de manhã (15 nov) que ele havia se reunido com os feridos. “Tudo o que podia fazer era chorar, e eu também não conseguia evitar as lágrimas de fluirem”, disse ele. “Por que eles gratuitamente baterem nos servos do Senhor? Tudo o que queremos fazer é reunir as pessoas para adorar e servir a Deus e nosso próximo. E não só isso – a quadrilha destruíram quatro motocicletas e roubaram capacetes de segurança, sapatos e casacos de chuva. Deus tenha misericórdia!

O Vietnã está entre os 50 países onde mais se persegue cristãos no mundo.

Fonte: Compass Direct News, com adaptações de Holofote.Net

 

Deixe sua opinião