cantor-gospel-preso-estupro-Marcelo-TerrinhaFoi preso nesta semana, o cantor gospel, Marcelo Galdino Cordeiro, mais conhecido como “Marcelo Terrinha”, sob suspeita de ter estuprado a sua própria filha de 13 anos de idade.

Segundo o delegado titular da 61ª DP (Xerém), do Rio de Janeiro, Mário Arruda, em entrevista ao R7, ele disse que após as investigações, os agentes localizaram o religioso na cidade de Lauro de Freitas, na Bahia, aonde os policiais o conseguiram prendê-lo.

Segundo depoimento da vítima, os estupros estavam acontecendo há um ano, sendo que os abusos aconteciam quando ela ia visita-lo em São Paulo, ou quando seu pai a visitava no Rio de Janeiro.

No caso o que deixou o delegado mais chocado, foi que a menina disse que Marcelo após o estupro, a obrigava ajoelhar e pedir perdão a Deus pelo que praticaram.

Marcelo que viaja em vários estados no Brasil, onde se apresenta em igrejas, convenções, cruzadas, e igrejas, também já foi no exterior se apresentar. Em seu site ele conta o seu testemunho dizendo:

“Marcelo Gaudino Cordeiro, conhecido como cantor Marcelo Terrinha, nascido em 15 do dezembro de 1970, na cidade de João Pessoa no estado da Paraíba, perdeu seus pais aos 3 anos de idade, sendo criado por sua avó materna, posteriormente tendo se envolvido na adolescência com bebidas alcoólicas e se tornando praticamente morador de rua, mas graças a um amigo cristão, portador da palavra de DEUS que transforma, foi lhe anunciado o evangelho, no qual deu crédito, e aceitou ao Senhor Jesus como Salvador da sua alma, tendo alcançado a misericórdia e total libertação dos vícios, iniciou-se uma trajetória de grandes acontecimentos na sua vida. Onde tendo recebido um chamado ministerial da parte de DEUS envolve-se com a música, se tornando um adorador e profeta da casa do PAI, e pelo ESPIRITO SANTO, foi levado a cidade do Rio de Janeiro, onde morou por 17 anos, tendo servido ao Senhor por todo Brasil, através de convenções,cruzadas,e igrejas, inclusive no exterior.”

Até o final desta reportagem, Marcelo não se pronunciou sobre o acontecido.

NOTA: Até agora o fato foi relatado apenas pela vitima, portanto cabe o cantor provar a sua inocência, caso ele seja culpado, que as penas da lei recaia sobre a sua vida e a Justiça Divina ele terá no grande Dia do Senhor. Alertamos a todos, que estejam em constante vigilância e oração, pois o diabo que está ao nosso derredor, ele quer destruir vidas e ministérios. Caso você conheça alguém que está praticando esse mesmo ato, denuncie as autoridades e caso você esteja nesta prática, lhe pedimos no nome de JESUS que você PARE.

Portal Padom

Deixe sua opinião