JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗

Um homem de 19 anos abriu fogo em uma escola na cidade russa de Kazan na terça-feira, noticiou a mídia local. O presidente da República Russa do Tartaristão, Rustam Minnihanov, confirmou que pelo menos oito pessoas, quatro estudantes do sexo masculino, três estudantes do sexo feminino e uma professora, foram mortas no tiroteio e 20 ficaram feridas.

Seis dos alunos hospitalizados estão em estado crítico, de acordo com autoridades de saúde da região. Cerca de vinte ambulâncias foram  para o local.

O agressor  foi preso. Minnijánov comentou que é um jovem de 19 anos que tinha armas oficialmente registradas. Ele se formou nesta mesma escola há quatro anos, revelou uma fonte da administração da instituição de ensino. Inicialmente, a mídia reportou dois agressores, mas o Ministério do Interior da república russa do Tartaristão negou essa informação.

“Um avião com médicos e psicólogos decolou da capital russa para realizar uma evacuação de saúde das vítimas. Módulos médicos equipados para transportar as vítimas para instituições médicas em Moscou foram instalados a bordo do avião”, informou o Ministério das Emergências. Rússia.

Em uma gravação capturada por testemunhas, os alunos podem ser vistos pulando das anelas para escapar do tiroteio. De acordo com a mídia local, dois estudantes morreram ao cair de um terceiro andar no vazio, após pular de uma janela.

Um representante dos serviços de emergência detalhou que também houve uma explosão na área. “Houve uma explosão no prédio da escola, havia uma fumaça intensa”, disse ele.

Este vídeo coleta as primeiras imagens captadas de dentro da escola.

Alunos da escola foram evacuados e estão recebendo ajuda de psicólogos. As autoridades prestarão a assistência necessária a todos os afetados, prometeu o presidente tártaro. “Será prestada assistência às escolas e às famílias. Hoje é uma grande tragédia para toda a nossa república, para o nosso país”, disse Minnihanov. 12 de maio foi declarado dia de luto no Tartaristão.

Vladimir Putin enviou suas condolências aos parentes das vítimas “O presidente expressou suas profundas condolências às famílias das crianças que foram mortas pelo atirador”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, à imprensa.

Da mesma forma, o presidente encarregou a Guarda Nacional Russa de trabalhar urgentemente para tornar mais rígidas as regras de posse de armas de fogo entre a população, “levando em consideração o tipo de arma usada pelo atirador”.

Deixe sua opinião

JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗