Pessoas se voltaram a leitura da Bíblia durante a pandemia do coronavírus COVID-19

Não importa quanta negatividade as manchetes das notícias tentem espalhar e infligir medo e pânico em meio à pandemia global do coronavírus COVID-19, Deus ainda está no negócio de restaurar e resgatar vidas. Seu plano bom e perfeito para o mundo não pode ser parado. Isso é evidente quando um novo estudo revela que o Espírito Santo incita grandemente os cristãos e até os incrédulos a se aproximarem de Deus durante esse tempo.

De acordo com um estudo recente, cerca de 20% dos não-cristãos gostaram de ler a Bíblia durante esse período. Isso começou quando a pandemia de coronavírus eclodiu.

Aparentemente, o ministério pró-Israel “The Joshua Fund” encomendou uma pesquisa para tornar o estudo possível. McLaughlin & Associates conduziu uma entrevista com 1000 americanos, cristãos e não cristãos. Os entrevistados deram suas reações à crise do ponto de vista espiritual.

E aqui estão os resultados da pesquisa do grupo:

Não-cristãos

44% dos entrevistados americanos disseram que é um alerta. A pandemia global e o colapso econômico provocaram um “alerta para que voltássemos à fé em Deus”. Além disso, eles acreditam que esses são os “sinais do julgamento próximo”.

Além disso, alguns em cada cinco não-cristãos (21,5%) entrevistados disseram que a crise está fazendo com que eles “comecem a ler a Bíblia e ouçam o ensino da Bíblia e sermões cristãos online, mesmo que geralmente não o façam”, relata Faithwire .

Segundo o estudo, esses não-cristãos tendem a “pesquisar on-line para aprender mais sobre a profecia bíblica”. Eles buscam o “plano de Deus para o futuro da humanidade. E passaram a terem mais conversas espirituais com familiares e amigos.”

Tornando-se mais focado em Deus

Enquanto, por outro lado, 40,1% dos cristãos afirmam que leram a Bíblia mais do que nunca. Hoje, os cristãos tendem a assistir ou ouvir o ensino da Bíblia e sermões online. Também constatou-se que os 40,1% pesquisavam on-line para entender melhor as profecias da Bíblia. Além disso, eles também estão interessados ??no plano de Deus para o futuro da humanidade.

Em 3 de abril, os Estados Unidos tinham 245.184 casos positivos de COVID-19, segundo a Worldeters . A contagem global chegou agora a um milhão, com mais de 50.000 mortes e mais de 200.000 recuperações.

Segundo o site Worldometers, no mundo atualmente enquanto escrevemos esta matéria, existem 1.259.778 pessoas com coronavírus, somando um total de 68.418 mortes, e 259.742 pessoas que se recuperaram e estão em perfeita saúde.

No Brasil, existem 10.568 casos confirmados de coronavírus, sendo que o numero de mortes aqui chegou a 455 pessoas.

Deixe sua opinião