idadesulficienteEle comerá manteiga e mel quando souber desprezar o mal e escolher o bem.” Isaías 7:15

Qual é a sua idade? Você tem idade suficiente?
– Idade suficiente para quê? – você deve ponderar. Ah! Esta é a pergunta. Vamos dizer que você queira dirigir um carro. A lei diz que você com 18 anos têm idade.
Suficiente, apesar de os seus pais discordarem!
Vamos supor que você queira votar. A idade suficiente é 16 anos.Vamos supor que você queira receber INSS. Desculpe, mas você terá de esperar até quando tiver uns 60 anos.
Então, quando é que você tem idade suficiente? Se o seu pai e sua mãe são como a maioria dos pais, eles provavelmente usaram esta frase um zilhão de vezes. Mas como a maioria dos pais, sua mãe e seu pai provavelmente nunca explicaram qual é a “idade suficiente”. Cinco? Dez? Dezesseis? Qualquer outra?
Bem, até mesmo a criança mais nova entende que algumas coisas são certas e outras são erradas. Por sermos criados à imagem de Deus, um pouco do seu conhecimento é instintivo. É por isso que uma criança de dois anos grita: “Não!” Quando outra criança tira o brinquedo dela.
As crianças crescem, é claro, e começam a acrescentar mais ao conhecimento básico do certo e errado. Mas o fio da meada é este: você não precisa ter cabelos brancos – ou uma educação de oitava série – para saber o que é certo e o que é errado. Isso é matéria básica.
Algumas escolhas e decisões podem ser complicadas como aquela coisa do barco salva-vidas. Você conhece a situação: você é uma das oito pessoas que estão num barco salva-vidas no mar cheio de tubarões; o barco só agüenta sete pessoas; uma tem de ficar de fora. Todos vocês morrem ou vocês sacrificam uma pessoa para salvar outras sete? Este tipo de coisa. Mas quando é que foi a última vez que você esteve num barco salva-vidas num barco cheio de tubarões? Não vamos perder tempo com isso, certo?
Para a maioria de nós, as perguntas do certo e errado são bem básicas e diretas. A questão não é: “Está certo ou errado?” Essa é bem óbvia. A pergunta geralmente é: “Estou fazendo a coisa certa?” Em outras palavras, se você tem “idade suficiente”, você cresceu o suficiente para fazer o certo. É isso que realmente importa.

Reflita: A maioria das escolhas entre o certo e o errado que você encara na vida são bem simples e óbvias. Mas você tem alguma pergunta sincera sobre alguma ação que não sabe se é certa ou errada? Se tiver, fale com alguém (pais, pastor ou um adulto de sua inteira confiança) o mais rápido possível.

Ore: “Senhor, ajuda-me a estar alerta para as escolhas que eu tenho de fazer. Ajuda-me a lembrar que eu tenho idade suficiente para fazer as escolhas certas.”

Fonte: Melodia e Padom.com

Deixe sua opinião

WhatsApp
Entre e receba as notícias e artigos do dia