Nós, na Flórida, assim como em outros estados da costa leste, dos Estudos a Unidos, estamos respirando aliviados: estamos no final da temporada de furacões.

Chega de horas monitorando o Weather Channel. Chega de correr para conseguir a última água engarrafada na loja local. E não há mais comentários como este:

“Eu não sei sobre você, mas estou cansada dessas emissoras. Em um minuto, ouvimos que Dorian diminuiu em sua força. Em seguida, ouvimos que está indo em nossa direção e precisamos nos preparar. E então eles nos dizem está chegando, mas com menos força. Estou farta do estresse que essas pessoas causam. Eles não conseguem entender nada? “

Perdoe o cinismo, mas o problema dela não é o furacão. Seu estresse não é a incerteza da tempestade. Não é nem o perigo que espreita. Seu verdadeiro problema é que ela acreditava, confiava e contava com cada palavra que os meteorologistas diziam. E o que eles disseram ditou seu estado de espírito, atitude e determinou suas emoções.

Quem pode culpá-la? Ao enfrentar o perigo, todos fazemos o mesmo – permitimos que outros definam nossas emoções. Infelizmente, os furacões da vida não têm estações. Eles vêm a qualquer momento. Alguns chegam com força. E outros espreitam, agitando nossa ansiedade.

Você pode estar em um furacão emocional agora. Os ventos da dor apenas aumentaram e eles estão prestes a destruir seu abrigo de segurança.

Mas a segurança surge quando escolhemos confiar em quem prevê o nosso futuro. Deus é o único que pode nos esconder à sombra de Suas asas (Sl 91).

Aqui está um questionário para determinar o nível de sua confiança:

1. Jesus promete tudo o que precisamos em Mateus 11: 28-29.

Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu darei descanso a vocês. Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas.” Acreditamos que o descanso é nosso e relaxamos nessa promessa?

2. Quando as tempestades drenam nossa força, em Isaías 40:29-31, Deus promete:

Ele fortalece o cansado e dá grande vigor ao que está sem forças.  Até os jovens se cansam e ficam exaustos, e os moços tropeçam e caem;  mas aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças. Voam alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam.” Acreditamos nessa força e, em vez de andarmos como galinhas derrotadas, voemos como águias?

3. Quando nos falta o que precisamos, cremos no que Deus promete nas palavras de Paulo em Filipenses 4:19?

O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus.” Em vez de lamentar o que não temos, acreditamos que já possuímos Suas riquezas?

4. Quando o medo ataca, Deus anuncia em Romanos 8:37-39:

“Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios , nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.” Estamos contando com o tipo de segurança do mundo ou confiando na segurança do amor de Deus?

5. Quando os problemas da vida se tornam demais, Deus tranquiliza em João 14:27:

Deixo a paz a vocês; a minha paz dou a vocês. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbe o seu coração, nem tenham medo.”  Andamos pela vida conturbada ou falamos ousadamente a paz Dele em nossa situação?

6. Finalmente, Deus promete em Provérbios 1:33:

mas quem me ouvir viverá em segurança e estará tranquilo, sem temer nenhum mal”. Duvidamos de Sua proteção porque não podemos ver? Ou crer em Sua promessa de Sua poderosa proteção?

Tempestades podem abalar nossa segurança, furacões podem soprar ventos de destruição e terremotos podem abalar nossa fundação, mas se acreditarmos no anúncio de Deus no canal de Sua fidelidade, o medo derreterá na verdade de cada uma de Suas promessas.

Vamos orar.

Pai, muitas vezes eu disse que você é meu Senhor, que acredito em você e confio em sua palavra, mas um sutil medo aumentou em mim. Agradeço sua paciência comigo enquanto aprendo a abraçar e declarar que acredito e confio verdadeiramente em suas promessas. Em nome de Jesus.”

Você está se concentrando no lado sombrio da sua situação ou contando com o poder das promessas de Deus.

por: Janet Perez Eckles

traduzido e adaptado por: Pb. Thiago Dearo

Deixe sua opinião

WhatsApp
Entre e receba as notícias e artigos do dia