viver-propósitoQue os homens nos considerem como ministros de Cristo, e despenseiros dos mistérios de Deus.
Além disso requer-se dos despenseiros que cada um se ache fiel.
Todavia, a mim mui pouco se me dá de ser julgado por vós, ou por algum juízo humano; nem eu tampouco a mim mesmo me julgo.
Porque em nada me sinto culpado; mas nem por isso me considero justificado, pois quem me julga é o Senhor.
Portanto, nada julgueis antes de tempo, até que o Senhor venha, o qual também trará à luz as coisas ocultas das trevas, e manifestará os desígnios dos corações; e então cada um receberá de Deus o louvor. –
1 Coríntios 4:1-5

A decisão quanto à salvação não é o objetivo final para um crente. Deus tem um plano e um propósito para cada um de seus filhos. Às vezes, é um chamado para servir durante toda vida em uma determinada área, mas pode ser também uma tarefa especifica em um determinado momento da vida. A única maneira em que você cumprirá os propósitos de Deus será definir as metas que se harmonizam com a vontade dele, e dando os passos específicos para alcança-las.

O apóstolo Paulo foi um servo útil de Cristo, porque obedecia a orientação do Espírito Santo, confiava no poder divido, e se fixava para cumprir com seu chamado. Não deixava que os temores, as dúvidas ou as adversidades lhe impedissem de cumprir a vontade de Deus. E você? Você estava vivendo para o Senhor, ou está indo após os seus próprios objetivos? Você pode ser muito bem sucedido para o mundo, mas desde a perspectiva do Senhor, a passividade espiritual resulta em uma vida desperdiçada.

Leia também!  1, 2, 3... Muitos!

Talvez Deus lhe tenha dado uma paixão ou interesse que precisa cultivar. Ou talvez você sente um impulso, mas vacila porque parece que a tarefa está além de suas capacidades.

Busque a vontade de Deus, e Ele o guiará. Às vezes, poderá ser desconfortável, mas nunca se arrependera de ter aceitado o desafio.

Portal Padom

Deixe sua opinião