parada gay violenciaImagens mostram agressões durante evento ocorrido no domingo (14).

Secretaria diz que só um caso de lesão corporal foi registrado na Parada.

Um vídeo, divulgado nesta quinta-feira (18), mostra algumas cenas fortes de violência durante a Parada Gay de São Paulo, ocorrida no domingo (14) na região da Avenida Paulista. O evento reuniu, de acordo com a organização, 3,1 milhões de pessoas.Imagens de empurra-empurra foram registradas em um trecho estreito de passagem de via. O vídeo foi gravado da sacada de um prédio na Avenida Paulista. De uma hora para outra, começa uma briga. Os participantes são separados, mas o aperto continua. Até que começa outra confusão. Vários homens contra um, que é violentamente agredido. Ele fica desacordado no chão e ninguém faz nada para ajudar. Até que chegam a polícia e o resgate e ele é levado de maca.

Em outro momento, um grupo troca socos e só para quando alguém joga spray nos rapazes. A Secretaria da Segurança Pública diz que apenas um caso de lesão corporal, ou seja de agressão, foi registrado durante a Parada Gay.

Do Padom: Esse movimento é totalmente contrario a Marcha para Jesus que é realizado em vários lugares do Brasil, essa marcha visa louvar o nome de Jesus, luta em favor da família, enquanto essa marcha do movimento gls, é uma bizarrice aonde o diabo opera de uma maneira grandiosa na vida de seus participantes… o Sangue de Jesus tem poder!!! Em nome de Jesus esta por terra esse movimento diábilico e desumano..

G1/padom.com

Deixe sua opinião

Leia também!  Prefeito decreta jejum para 'clamar a Deus' contra a dengue