COMENTÁRIO: A matéria acima, publicada pelo O Globo, versão on line, envergonha qualquer sensato cidadão brasileiro. Um país que deixa de lado o investimento em educação, como o nosso, é um país sem futuro, sem esperanças.

Uma pesquisa feita em 2007 pelo Instituto Paulo Montenegro, braço social do Ibope, e pela ONG Ação Educativa revelou um quadro educacional brasileiro desastroso: 68% [dos brasileiros] são considerados analfabetos funcionais, e 7% de analfabetos absolutos; isto significa que 75% dos brasileiros não conseguem ler e interpretar textos. (Pesquisa completa e detalhada, leia aqui).

Para vencer esse obstáculo, que é um empecilho ao desenvolvimento econômico, social e cultural do País, especialistas afirmam que, além de garantir o acesso à escola, são necessárias as permanências no sistema de ensino, a progressão entre séries e a ampliação da oferta de vagas na rede pública de educação superior.

É perceptível que o entrave ao desenvolvimento intelectual e a maximização do entretenimento televiso ou não deve-se a alguns fatores, dentre os quais:

-a grande conspiração contra o Brasil, cujo objetivo é impedir o crescimento do país, tornando-o subserviente dos países ‘donos do mundo’.

-o poder econômico que, ávido por mais lucro, deseja cada vez mais a exploração do entretenimento (o BBB é um deles).

-o poder espiritual maligno, orquestrado pelo príncipe deste século, que luta para que as pessoas não sejam bem sucedidas na vida.

Fato é que os brasileiros precisam desligar a TV, acordarem para a realidade e levantarem do berço esplêndido.

A televisão é “o principal fator de retardamento intelectual e afetivo” do mundo contemporâneo’ (André Lwoff – Prêmio Nobel de Medicina – 1967)

Holofote / Portal Padom

Deixe sua opinião

Leia também!  Patrícia Abravanel crítica a igreja evangélica do Brasil