Vaticano declara ilegítima ordenação de padres integristas

0
81
Futuros padres
Futuros padres são ordenados na igreja de Pio X em Saint Eloi, em Bordeaux

CIDADE DO VATICANO, Santa Sé (AFP) — O Vaticano declarou ilegítimas as ordenações de padres lefebvristas que a ultraconservadora Fraternidade São Pio X pretende realizar no fim de junho.

A sala de imprensa do Vaticano recordou a carta do Papa Bento XVI ao conjunto dos bispos católicos, divulgada em 10 de março, depois da polêmica gerada pela suspensão da excomunhão de quatro bispos integristas da Fraternidade Pio X, fundada pelo arcebispo francês Marcel Lefebvre.Entre os bispos estava o britânico Richard Williamson, que nega a existência do Holocausto de milhões de judeus pela Alemanha nazista.

“Enquanto a Fraternidade não tiver uma posição canônica na Igreja, seus ministros tampouco exercem ministérios legítimos na Igreja”, afirmou na ocasião o Papa.

“As ordenações devem continuar sendo consideradas então como ilegítimas”, destaca a sala de imprensa.

O Vaticano lembra, na mesma mensagem, que o Papa havia anunciado a intenção de incorporar à Congregação para a Doutrina da Fé, a Comissão Ecclesia Dei, instituída por João Paulo II em julho de 1988 após o cisma integrista, para resolver a fratura.

O secretário desta comissão, o cardeal colombiano Darío Castrillón Hoyos, que completará 80 anos em 4 de julho, foi quem recomendou a suspensão das excomunhões.

“Há razões para pensar que a definição deste novo estatuto está próxima”, afirma o Vaticano, que destaca ainda que “isto constitui as premissas para uma abertura do diálogo com os dirigentes da Franternidade São Pio X para um esclarecimento desejado sobre as questões doutrinais e, em consequência, disciplinares que seguem abertas”.

Há uma semana os 15 cardeais da Congregação para a Doutrina da Fé trabalharam em um texto que tinha como objetivo delimitar a base do diálogo com os lefebvristas, destacou a agência de notícias religiosas i.media.

AFP/padom.com

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui