“Prova e vê que é boa a sua mercadoria; e a sua lâmpada não se apaga de noite” (Provérbios 31:18)

Muitas mulheres querem ter uma família, pertencer a um marido, dar luz a filhos, e ter uma casa pra cuidar… mas é engraçado como muitas delas esquecem completamente o que queriam a partir do momento que recebem estas coisas…

“Eu estou muito cansada para fazer o jantar todas as noites. Vocês podem se servir com esta refeição congelada que eu comprei outro dia desses’

‘Quem você acha que você está pra me dizer o que eu deveria ou não fazer? Eu posso ser sua esposa, mas tenho uma vida também!”

‘Eu não vejo a hora para o meu filho voltar à escola e dar-me um tempo!”

“Eu não tenho tempo para cuidar desta casa, minha família terá que aceitar esse fato.”

Estes e outros comentários mais vergonhosos são feitos todos os dias por mulheres que um dia quis ter o que hoje é apenas um “peso” pra elas.

O mulher-V aprecia o que ela tem. E a forma como ela demonstra isso é através do seu melhor para seus filhos, marido e casa. É o jeito que ela carinhosamente cozinha, limpa, passa a ferro, faz suas compras, mantém estoque delas, organiza seu dia, decora seu lar e investe no conforto de sua família. Essas são as responsabilidades básicas de uma dona de casa mas muito importantes. Elas revelam o quanto apreciamos a nossa família.
Já ouvi falar de esposas que economizam na comida pra juntar dinheiro a fim de comprar um vestido novo… maridos que passam a ferro suas próprias camisas de manhã, porque não havia nenhuma dentro do armário para vestir… crianças que estão sendo criadas pela Televisão, Internet, e vídeo games para cobrir o tempo que estão fora da escola. É um quadro triste. Esposas e mães como estas vivem sem lâmpada e as suas mercadorias são baratas.
Minha mãe, Ester é o tipo de mulher que gosta de apreciar. Ela aprecia o meu pai, minha irmã, meu irmão e eu, os genros, o neto, nossos amigos, nosso trabalho, nosso tempo, nossa aparência, nossas casas, nossos planos, nossos sonhos e nossa fé.
Ela ama comprar roupa pra gente, consertá-las quando não servem, engoma-las, e ver-nos usá-las. Ela gosta de dizer “Eu te amo ‘,’ Você é linda” e “Estou com saudades”. Ela nos abraça e beija o tempo todo. Ela é toda carinhosa até pra falar no telefone… sempre me chama de ‘crisoca’.
Ela gosta de passar tempo com a gente mesmo que isso signifique apenas sentar ao nosso lado no sofá e fazer sudoko. Ela adora dá mimo.. eu sou um pouco mal-acostumada por isso… Ela é uma excelente dona de casa, a melhor decoradora que eu já conheci, e cheia de virtudes de uma verdadeira Mulher-V.
A lâmpada da minha mãe nunca se apaga e eu tenho certeza que ela aprecia de verdade toda sua mercadoria.

Cristiane Cardoso é autora do livro Melhor que Comprar Sapatos, filha do Bispo Edir Macedo

Melhordoquecomprarsapatos / Portal Padom

Deixe sua opinião