Um homem armando feriu várias pessoas na Primeira Igreja Batista, em Sutherland Springs, no Texas, EUA, informou a imprensa local.  Segundo testemunhas, o atacante entrou na igreja e abriu fogo durante o culto dominical.

O ataque deixou pelo menos 27 pessoas mortas e outras 27 feridas, segundo a polícia informou a ABC. Entre as vítimas tem algumas crianças segundo o jornal local Wilson County News.

O pastor da igreja, Frank Pomeroy, que se encontrava em uma viagem quando o ataque aconteceu, contou a ABC que sua filha de 14 anos foi uma das vítimas fatal.

Segundo a rede CBS, o atirador foi identificado como Devin Patrick Kelley, que foi perseguido pela polícia depois de fugir em um veículo. Pouco depois, o suspeito foi morto por um ferimento de bala, embora não se sabe se ele cometeu suicídio ou foi atingido pela polícia.

Uma mulher que trabalha a uns metros da igreja atacada, disse a MSNBC, que ouviu os disparos de “uma arma semi automática”. Segundo outra testemunha contou a ABC, que os disparos durou cerca de 15 segundos, enquanto as pessoas que se encontravam dentro ou próxima da igreja corriam buscando refúgio.

Os agentes do FBI e do Escritório de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos (ATF) se encontram no local do crime para investigar os fatos.

Esse é o pior tiroteio em uma casa de culto nos EUA, e vem um mês depois que outro homem armado cometeu o pior tiroteio em massa na história deste país em Las Vegas.

O presidente americano, Donald Trump, e o governador da Flórida, Greg Abbott,  expressaram suas condolências as famílias das vítimas através de suas contas no Twitter.

Mais informações, em breve.
Portal Padom

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui