Início Noticias Gospel Internacional ‘Um milagre de Deus’: homem se recuperando de COVID depois que os...

‘Um milagre de Deus’: homem se recuperando de COVID depois que os médicos deram a ele 2% de chance de sobrevivência

Entubado, com apenas 2% de chance de sobreviver, Dawson se lembra de ter uma conversa com Deus enquanto estava inconsciente.

143
Bod Dawson covid - 19
Bod Dawson, estava desenganado pelos médicos, esteve a beira da morte por causa do covid-19

JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗

Um homem da Carolina do Norte, que pensou que iria morrer depois de contrair COVID-19 em dezembro passado, disse que o poder de cura de Deus poupou sua vida. Agora ele está compartilhando sua história para encorajar outras pessoas a se vacinarem.

Bob Dawson estava trabalhando em Las Vegas em dezembro passado quando desenvolveu uma tosse. Os médicos o diagnosticaram com COVID e, em poucas semanas, ele estava usando um ventilador. A condição de Dawson continuou a declinar e ele foi colocado em coma induzido, relata o Neuse News.

Sua esposa Laura deixou sua casa em Kinston e chegou a Nevada para ficar ao lado do marido. Os médicos acreditavam que, se Dawson sobrevivesse, ele teria danos cerebrais porque sua ingestão de oxigênio ficou baixa por várias semanas.

“Eles disseram a ela que eu, de fato, iria morrer”, disse Dawson. “Que eu só tinha 2% de chance de viver.”

Em fevereiro, membros da família providenciaram para que Dawson fosse levado em um avião particular para um hospital em Rocky Mount, na Carolina do Norte.

Eles pensaram que trazê-lo para casa aumentaria suas chances de recuperação.

Dawson se lembra de ter uma conversa com Deus enquanto estava inconsciente.

“Só me lembro de uma coisa enquanto estava fora”, disse Dawson. “Foi uma conversa com Deus. Eu estava orando a Deus. Eu disse querido Senhor, por favor, dê a eles sabedoria para me dar morfina para a dor e me levar para casa. Eu estava pronto para morrer.”

Mas, depois de ficar em coma por dois meses, Dawson acordou.

“Decidi naquele momento que era um milagre de Deus”, declarou ele.

Dawson iniciou o tratamento fisioterapêutico para recuperar a mobilidade e passou a usar um andador. Ele é grato pela segunda chance na vida e exorta os outros a não subestimar a gravidade desta doença.

“Eu era um homem de 61 anos”, explicou ele. “Saudável, não tive problemas, e isso me atingiu até a morte.”

Ele acrescentou: “Eu sabia naquele momento que meu motivo para estar de volta era compartilhar meu testemunho. O que Deus fez foi me trazer de volta. Ele segurou minha mão a cada passo do caminho. Agora posso andar, 210 metros com um andador. Posso subir e descer. Posso fazer a maioria das coisas que uma pessoa normal pode fazer. “

Dawson tem esperança de que as pessoas ouçam sobre sua experiência de quase morte e decidam se vacinar.

“Se você está relutante em receber a vacina, acredite em mim, quaisquer efeitos colaterais que você teria com a vacina seriam muito menores do que os que tive de passar por causa do COVID-19”, afirmou Dawson.

“Se isso impedir uma pessoa de passar pelo que eu passei, pelo que minha família passou, isso seria uma bênção”, acrescentou.

Deixe sua opinião