- Imagem Ilustrativa -
- Imagem Ilustrativa -

Uma xícara de iogurte probiótico pode ajudar a salvar a vida de pessoas com Covid-19 ?

Pesquisadores da Universidade Ben-Gurion de Negev dizem que identificaram moléculas no kefir que são eficazes no tratamento de várias condições inflamatórias, incluindo “tempestades de citocinas” causadas pelo COVID-19.

O kefir, que é semelhante ao iogurte, mas de consistência mais rala, é uma bebida fermentada feita pela inoculação do leite de vaca ou cabra com misturas de microorganismos, como fermento e bactérias. Uma tempestade de citocinas ocorre quando o sistema imunológico do corpo entra em ação excessiva e ataca a si mesmo – uma das principais causas de morte em pacientes com Covid-19.

A pesquisa foi conduzida pelo aluno de doutorado Orit Malka e pelo Prof. Raz Jelinek, vice-presidente e reitor de pesquisa e desenvolvimento da BGU. Foi publicado recentemente na revista Microbiome.

Vários anos antes da pandemia do coronavírus, Malka percebeu que o iogurte tinha um efeito terapêutico e começou a estudá-lo no laboratório de Jelinek, disse Jelinek ao The Jerusalem Post. Eles identificaram moléculas no iogurte que tinham propriedades antibacterianas e antiinflamatórias dramáticas.

“Uma das principais razões pelas quais as pessoas morrem de COVID é a tempestade de citocinas”, disse Jelinek. “As citocinas são moléculas imunológicas projetadas para ajudar o corpo a lutar contra invasores como os vírus. Mas, em certas circunstâncias, e os cientistas não sabem exatamente por que, o corpo entra em uma espécie de overdrive e secreta muitas citocinas – tantas que até o matam. Isso é o que acontece durante o COVID.”

“Sabíamos que havíamos encontrado essas moléculas no iogurte com propriedades antiinflamatórias”, disse ele. “Então, quando o COVID começou, dissemos: vamos ver se essas moléculas podem ajudar contra as tempestades de citocinas.”

Deixe sua opinião