Imagem Ilustrativa - Homem preso

A polícia da Malásia informou nesta quarta-feira que quatro turistas da Finlândia foram presos por distribuir materias evangelísticos cristão em lugares públicos em uma ilha do resort.

O chefe de polícia da ilha de Langkawi, Mohamad Iqbal Ibrahim, disse que duas mulheres e dois homens foram detidos na terça-feira em seu hotel depois que a polícia recebeu denúncias sobre eles. Ele disse que a polícia apreendeu 47 canetas com versículos bíblicos e 336 cadernos contendo textos da Bíblia.

A polícia obteve uma ordem judicial na quarta-feira para manter os quatro, incluindo um casal, por sete dias enquanto eles são investigados.

Mohamad Iqbal disse que os finlandeses, com idades entre 27 e 60 anos, chegaram a Langkawi no domingo e planejavam sair na quinta-feira. Ele disse que estão sendo investigados por supostamente causar desarmonia e violar seu status de visto.

A proselitização de muçulmanos por membros de outras religiões é proibida na Malásia, embora o contrário seja permitido. Os muçulmanos, que compõem quase dois terços dos 31 milhões de habitantes da Malásia, também não têm permissão legal para mudar de religião.

O Ministério de Relações Exteriores da Finlândia confirmou que quatro de seus cidadãos foram detidos na Malásia, mas se recusou a dar detalhes.

A agência de notícias finlandesa STT informou que um dos detidos pertence a Joosua Missio, um grupo de jovens cristão finlandês conhecido por promover estilos de vida saudáveis ??e visitar os festivais de música do país nórdico com seu próprio ônibus “Finland to Jesus”.

Deixe sua opinião