Traficante alvo de atentado que matou pastor se apresentará à polícia

Corpo do religioso foi sepultado às 16h desta sexta, no Cemitério Quinta dos Lázaros
Familiares de Marcelo Carvalho de Jesus, de 36 anos, apontado como o alvo do atentado que matou um pastor, no bairro do Pero Vaz, afirmaram ao delegado Miguel Cicerelli, titular da 2ª Delegacia (Lapinha), que ele se apresentará à polícia na próxima semana.§

Diferente do que foi informado pela polícia, os familiares negaram que ele fosse traficante. Eles alegaram que ele é usuário de drogas e que estava sendo ameaçado por um traficante do Curuzu há cerca de um mês. Marcelo teria um esquema para tirar ilegalmente dinheiro do PIS/PASEP e estava sendo extorquido pelo traficante, que descobriu o esquema.

O corpo do pastor Jefeter Lordelo Souza, 37, morto dentro de um restaurante no Pero Vaz foi sepultado às 16h desta sexta-feira (21), no Cemitério Quinta dos Lázaros, na Baixa de Quintas. O corpo do religioso foi velado ontem à noite na Igreja Pentecostal A Volta de Cristo, onde ele atuava.

Jeferter almoçava no restaurante Coma Mais quando foi baleado por um homem que fugiu na garupa de uma moto. Jefeter estava com Marcelo, para quem trabalhava como motorista.

Atingido na lateral do abdômen, Jeferter foi socorrido e levado para o Hospital Ernesto Simões. Ele chegou ao local inconsciente e foi reanimado pelos médicos, mas morreu ao dar entrada no centro cirúrgico.

Correio / www.padom.com.br

Deixe sua opinião