Supremo Líder Muçulmano pode decidir hoje sobre o enforcamento do pastor Youcef

Irã: O julgamento do pastor iraniano Youcef  Nadarkhani , que enfrenta uma possível sentença de morte por apostasia está sendo referida pelo Líder supremo do Irã.

Esquerda, Aiatollah Ali Khamenei, Líder Supremo do Irã - Direita Pr. Youcef Nadarkhani

Segundo informou Mohammad Ali Dadkhah, advogado do Pr. Nadarkhani,  nesta segunda-feira (10/out), o tribunal decidiu pedir o parecer do caso ao Líder Supremo do Irã, o Aiatollah Ali Khamenei .

Porém a mudança para envolvê-lo no caso é incomum, e lhe sugeriram que dê um veredicto final sobre o caso – o que tem atraído a atenção internacional.

Advogado de Nadarkhani estava esperando um veredicto a qualquer momento a partir do último sábado.

Nadarkhani, de 32 anos de idade, pastor de uma pequena comunidade evangélica chamada de Igreja do Irã, foi preso em outubro de 2009 e condenado à morte sob a lei islâmica por  ter convertido ao cristianismo quando tinha 19 anos.

A lei islâmica permite que tais veredictos sejam anulados se caso o condenado venha “se arrepender” e renunciar à sua conversão. Mas o corajoso pastor,  não negou a sua conversão e sua fé, para escapar da morte.

Vários países ocidentais, incluindo os Estados Unidos, Grã-Bretanha, Alemanha e França, condenaram a sentença de morte contra Nadarkhani e pediu sua libertação.

Em 30 de setembro, o vice-governador-geral de Gilan disse que Nadarkhani não deve enfrentar a pena de morte por apostasia, mas também referiu pela primeira vez por “crimes contra a segurança” supostamente cometidos pelo pastor a quem ele chamou de um “sionista”.

Mas Dadkhah, disse que a acusação  foi apenas estabelecida por causa de apostasia .

Fonte: Portal Padom

Com Informações  Times Ofoman

 

Deixe sua opinião