senador-ajoelha-ted-cruz-casa-brancar-saaed-abediniO proeminente senador norte-americano Ted Cruz, surpreendeu a muitos quando se ajoelhou para orar em frente à Casa Branca. Ele se juntou a um grupo de líderes conservadores e liberais para orar por Saeed Abedini, um pastor e cidadão americano, que se encontra preso por sua fé no Irã.

O Senador Cruz, tem sido destaque na mídia americana pela sua tentativa de impedir a implementação do plano de saúde conhecido como Obamacare. Sendo ele também um possível futuro candidato republicano para a presidência dos EUA.

Desta fez, o senador, de fortes convicções cristãs, deixou de lado a política para orar publicamente pela libertação do pastor Abedini.

O repórter David Brody da CBN News, disse em seu blog, que depois de entrevistar o senador Cruz e estar com sua família, está convencido de que ele é um verdadeiro cristão que crê na  Bíblia e não se envergonha do evangelho.

O pastor Rob Schenck, que orou junto a Cruz, explicou que naquele momento todos puseram de lado a política e outros rótulos. Encontraram-se em frente à sede do poder americano, disse ele, “para um negocio verdadeiramente importante que era clamar a Deus para um de nós que estava sofrendo por sua fé“.

O pastor Abedini, acaba de cumprir o primeiro ano de uma sentença de 8 anos. Foi preso enquanto construía um orfanato no Irã. Seu crime, segundo as autoridades iranianas, era de ‘ameaçar a segurança nacional’. No entanto seus conhecidos não duvidam de que ele foi preso no país islâmico por causa de sua fé cristã. Desde que foi preso, o pastor tem sido espancado, torturado, deixando-o com a saúde frágil devido à falta de tratamento médico.

A campanha para que solte o pastor vem crescendo ainda mais. No mês passado o Secretario de Estado dos EUA, John Kerry, pediu as autoridades iranianas que libertem imediatamente o religioso.  Já o reverendo Billy Graham escreveu ao presidente do Irã, dizendo que Abedini é um ‘homem de Deus’ e pedindo a sua libertação.

Deixe sua opinião