O jornal Diário de Natal, com sede na capital do Rio Grande do Norte, em matéria sobre a festa de aniversário da cidade, que teria superado as expectativas com “mais de 80 mil pessoas” numa parceria entre prefeitura e iniciativa privada na promoção do Auto de Natal num grande estádio, informou: “a cantora gospel considerada fenômeno de popularidade entre evangélicos, Aline Barros, recebeu R$ 54 mil, em noite de verdadeiro culto com a presença ainda do Coral Jovem da Igreja Adventista e uma média de público de 20 mil pessoas”.
Ainda segundo o Diário, “os cachês mais altos foram pagos a Roberta Sá e Fagner. Ambos receberam R$ 80 mil. Segundo Rodrigues Neto, a negociação com Fagner começou em R$ 160 mil e baixou pela metade. “O formato de show aberto ao público, sem bilheteria, sensibiliza alguns artistas”, argumentou Rodrigues Neto.”

Agencia Soma
/ www.padom.com.br

Deixe sua opinião