JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗

roberto-brumO Santos tem em Roberto Brum o homem de fé para absorver os problemas do grupo. Ele é o líder espiritual e ganhou respeito dos companheiros com palavras de sabedoria. Nesta semana, sua missão foi fazer o time acreditar que ainda é possível ser campeão.
Brum procurou forças para não se abalar. Foi contra a lei do silêncio imposta por Vagner Mancini e pela diretoria pois pretendia passar recado otimista ao torcedor. A fé predomina no discurso do jogador, evangélico fervoroso e pastor nas horas vagas.
Equilibrar o lado emocional dos jogadores é tarefa complicada. As derrotas para CSA e Corinthians abalaram a equipe. Em ambas a partidas, Roberto Brum não esteve presente e até o seu trabalho extracampo fez falta.
O discurso motivacional é admirado por Mancini. O técnico intensificou o trabalho psicológico e viu em Brum o pararraios do time. O volante segue sorridente e circula na concentração com a intenção de reanimar desesperançosos.
Com alto grau de espiritualidade, Brum ganhou admiração no Santos. A crença é respeitada pela comissão técnica, jogadores e diretoria e necessária para o atual momento. A bênção de Brum está dada. Agora, é preciso acreditar. E muito!Globo/padom.com

Deixe sua opinião

JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗